1 de fev de 2017

Demonstração Pública de Afeto

Adoro essas demonstrações públicas de afeto
O "eu te amo" mais fajuto de fato em fato
De uma ascensão forjada ao descaso de um
fim confirmado por um falso

Por um falso amor
que pensa sentir dor
que nunca amou

Esse é o preço a ser pago
Alto, robusto, caro e falso
Cédulas de um amante barato
não pagam por uma amante sepultada

Amores destruídos para sempre
No interior de que se foi, um dia crente;
De quem aceitou até ao presente
O sentimento deixará de ser quente

É muito amor nos corações dos perdedores
e muita falta dele nos vencedores

Invisível aos olhos, assim lá no alto
Agora é tarde para um coração dilacerado
bem como para um coração enganado
Para um amor jamais amado

Yuri Thomazelli

14 de jan de 2017

Keep Strong


The nightmare
was so real
Nobody listened
Nobody was near

Something precious
was taken forever
A wound left opened
to hurt, hate and feel nasty

We both know
and we both know
what happened
that night

Forget the post scriptum
'cause memories don't live
they rest in the past for a
time until become dust

If you are not here
I cannot comfort you...

Keep strong
'cause you are not alone
We are together

You are the key
to lock this
living nightmare
to 
away from you

Yuri Thomazelli

8 de nov de 2016

Vento uivante

Por onde passo causo arrepios
Por onde passo causo medo
Por onde passo ninguém me viu

Hahaha...
Que medo é esse nesses olhos
que trocam de lado fugindo
do desagrado
Que pensam que evitam, mas
'procuram' o pior no final

Amaldiçoados apodrecem,
mas não fedem
Internamente corroídos pelo tempo
simplesmente porque não os querem
Sem sequer...
Sem nem ao menos...
os interromper

Hahaha...
Ainda te pergunto
Que bagunça é essa na sua cabeça
que te apavora e me leva sepultado?
Quem pensam que evitam, por achar
que eu sou anormal

Amaldiçoados não apodrecem,
nem fedem
Internamente corroídos pelo
orgulho alheio dos que não os querem
Sem sequer...
Sem nem ao menos...
os interromper

Por onde passo não causo arrepios
Por onde passo não causo medo
Por onde passo todo mundo me vê

O que falta pra você crer em vez de fugir?
O que falta pra você parar de fingir?
Do que você tem medo de descobrir?
Tudo isso é medo de me ouvir?

Yuri Thomazelli

3 de nov de 2016

Broken

The blue sky
The sun shining
The morning breeze

The peace inside

The taste of honey
The smell of coffee
The smile so happy

The buterfly inside

The journey
The walk
The holding hands

The lightness inside

The picture taken
The candy
The laughs given

The harmony inside
The hug
The discover
The share

The palpitations inside

The melody
The look
The united souls

The dream inside

The night
The beauty
The stars blinking

The couple
The moon
The midnight

Until end inside...

This was the last time
This is a goodbye
A goodbye fom a guy
was really loving you

The night bad slept
The nightmare
The yesterday thoughts

The nightmare still inside

The stuck moment
The anguish
The stare

The sadness impossible to hide

The eyes
The questions
The void

The memories with an acid taste

The sepia
The reality
The out of orbit

The time everything changed

The mismatch
The silence
The assumption

The other side never seen

The holding line
The words unspoken
The sleeping truth

The uncommon semblance

The breathe
The spirit
The ruin forever

The tears spitted as never

The last time
The goodbye
The sure

The feelings dissolved

This is from a guy
who still love you
still love you
... still love you

Yuri Thomazelli

Seven

One
two...
Nothing
Just seven
No more
no less
No seven times
No any more times
Just 1 time
Three
fourh...
Both, together
Way
Away
Here I pay
Five
six..
No match
Only seven
to the end
until the end

Protection
Misfortune...
Whatever
No eight
no nine...
Seven only
Sevenonly
Sevenlonely
Seven lonely...

...

Tradução


Um
Dois...
Nada
Apenas sete
sem mais
nem menos
Não sete vezes
Nenhuma outra vez
Apenas uma
Três
Quatro...
Ambos, juntos
Maneira
embora
Aqui eu pago
Cinco
seis...
Sem combinação
Apenas sete
para o fim
até o fim
Proteção
infortúnio...
O que seja
Sem oito
sem nove
Sete somente
Setesó
Setesolitário
Sete solitário

Yuri Thomazelli

No name

To where
Away from here
To nowhere

Something is exploding
inside my chest
My head is laping
without answers

There is no place
to pretend that
nothing happened

Could I really tell you?
Some words that could
hurt forever or
flow as never!

To anywhere
Away from there
To everywhere

Something is missing
inside my chest
My head is looking
from there to right there

There is no feeling
to pretend that
smile was fake

Can I really tell you?
Some words that can
hurt forever or
flow as never!

...


Tradução


Para onde
Longe daqui
Para lugar nenhum

Alguma coisa está explodindo
dentro do meu peito
Minha cabeça está girando
sem respostas

Não há lugar
Para fingir
Que nada aconteceu

Eu poderia realmente te contar?
Algumas palavras que poderiam
machucar para sempre ou
fluir como nunca!

Para qualquer lugar
Longe daí
Para todos os lugares

Alguma coisa está faltando
dentro do meu peito
Minha cabeça está olhando
daqui para bem aí

Não há sentimento
para fingir que
o sorriso foi falso

Posso realmente te contar?
Algumas palavras que
podem machucar para sempre ou
fluir como nunca!

Yuri Thomazelli

2 de nov de 2014

Evidences


Sorry
for what I've been
Sorry
for I haven't done anything
until now
Sorry
for by the times
of this time
that
we can't catch
anymore

I just thought
for myself
I left the rain
take care
I pretended that
everything was ok

The light was outside
but what I have inside me?
The darkness doesn't tear
my chest to I
say these words

Answers filled
in invisible signs
through the days
doesn't wait for
my choices

And I still here
tied in a unrestricted
prison
Looking how a dark sky
can't manage hide the moon
forever

Lyrics: Yuri Thomazelli
Foto: University of Western Sidney


Tradução

Evidências

Desculpe

pelo o que tenho sido

Desculpe
pelo nada que tenho feito
até agora
Desculpe
pelas vezes
desse tempo
que não podemos
mais agarrar

Eu apenas pensei
por mim mesmo
Eu deixei a chuva
tomar conta
Eu fingi que
tudo estava ok

A luz estava lá fora
mas o que eu tenho dentro de mim?
a escuridão não parte
meu peito para eu
dizer essas palavras

Respostas preenchidas
em sinais invisíveis
através dos dias
não esperam pelas
minhas escolhas

E eu ainda estou lá
preso em uma prisão
sem limitações
Olhando como um céu escuro
não consegue esconder a lua
para sempre