12 de nov de 2012

Um dia mal dormido, uma noite mal acordada


Uma nuvem
em várias nuvens
Tantos sonhos
em tantos sonhos

De todas elas
apenas uma
se desprendeu
Arquivo salvo
em arquivos
bagunçados

Num mapa sem
fim terminando
em cada linha
do horizonte
Não se sabe
se um dia haverá
horizonte

Há uma chuva
e o céu se fecha
Há um sol
e o céu se abre
Sim e não entrelaçados
Sim e não desgraçados
Sim e não
Muito obrigado
Sim e não
Qual é o lado?

Há uma chuva
e o céu se abre
Há um sol
e o céu se fecha
Passos desabrigados
Perfis deletados
Agora ou depois
Muito obrigado
Sonhos vão e vêm
Dormindo ouacordado


Yuri Thomazelli

4 de nov de 2012

(A)cético


Tanta coisa

e tão pouca
coisa juntas
de mãos vazias
e cheias ao mesmo
tempo

O mundo caiu em
pedaços inteiros
O céu da manhã seguinte
deixa nublado por dentro
Ninguém disse que
eu escaparia ileso

Mais um dia
mais uma hora,
mas as cores

estão invertidas e
não há sentido para

uma outra tentativa


Levaram de mim
ou então cresci
Ou o mundo está de
ponta cabeça ou sou eu
que caí e não faço mais
questão de novamente subir

Uma pilha de dominós 
a ser derrubada
Não há como voltar
Curta ou longa jornada
o horizonte sempre
muda de lugar


Adeus
meu amor
Adeus
minha dor

Yuri Thomazelli

17 de out de 2012

Time to go


Time to go
There is nothing
to wait and
nothing to believe
nothing to believe

Why the hell
should I stay?
Why the hell
should I pray
If there is no
more word
that makes me
believe in
another day

Days like steps
hours like breaths
and too much time
wasted for live
Hopes wasted for
live

In this drug lab
where 'standards'
makes the way and
you get bullied
if you not agree
if you not agree

Even after all
I can't understand
why me and why do
people feel clean?
why do people feel clean?

Why the hell
should I stay?
Why the hell
should I pray
If there is
no one to hear
my "mayday"

I discovered that the sky
is not the limit
but 
people can
make us 
fall forever
can make us fall forever

Why the hell
should I stay?
Why the hell
should I pray
If there is
no one to hear
my "mayday"

Yuri Thomazelli

13 de out de 2012

Pessoas


Pessoas vão e voltam
Pessoas vão e ficam

Pessoas simplesmente
vão
Pessoas simplesmente
ficam

Um emaranhado de
cabeças
Um tempo emaranhado
e pessoas vão
e pessoas voltam

Tempo demais
Tempo curto demais
Que o emaranhado
tempo faz
Que nenhuma cabeça
desfaz


Não parece tanto tempo
Assim de repente se vai
O tempo desenrola
pessoas emaranhadas


para que fiquem
mas não voltem
para que voltem
mas não fiquem

Um tempo sem cabeça
Injusto justiçado
De emaranhado a
desenrolado
No final um tempo
cabeça

Pessoas vão e voltam
Pessoas vão e ficam
Pessoas voltam
Pessoas não ficam

Yuri Thomazelli

8 de out de 2012

Um milhão de peças, mas uma chave


Não sei mais
o que pensar
Se a hora deveria
ser essa mesma
Ou se mandar
tudo para aquele
lugar seria uma pedida

Eu queria poder
compreender esse
quebra cabeça onde
cada peça é um labirinto
e o tempo voa mesmo
quando dizem que é lento

Acordar um dia após
o outro e ter aquela
sensação de que já é tarde
Por que correr atrás
quando poderia estar
na frente como os outros?

Dormir um dia após
o outro e ter aquela
sensação de que já é tarde
Por que sabe-se lá o que será
do amanhã se não um dia como
foram todos os outros

Recompensas?
Que recompensas valeriam
toda essa loucura
Ainda não a descobri ou
quem sabe nem exista
uma direção a ser seguida

Fechar os olhos ou trancar
a alma
Fechar os olhos ou trancar
a alma...

Yuri Thomazelli

28 de set de 2012

Foi uma vez


Depois do
'eu te amo'
tem o 'eu
não te suporto'
pra finalizar
com o 'eu te
odeio'
e ser lembrado
com o 'eu nunca
gostei de você'

Já não sei
mais o que
pensar

Já não sei
em quem


pensar

Não espero
mais nada
do dia
Nem aposto
nas noites
Simplesmente
desisto
porque tudo
de novo
não seria


nada novo

Faltaria e
continua
faltando partes
em que resumos
não contam
o que toda a história
levou um final
marcado com
'para sempre...'
'para sempre...'


Depois do
segundo 'eu te amo'
tem o 'eu não sei'

seguido com o 
'não quero que seja igual'
esperado sempre com o
'será isso mesmo?'


Já não sei
mais o que
pensar

Já não sei
em quem


pensar

Faltaria e
continua
faltando partes
em que resumos
não contam
o que toda a história
levou um final
marcado com
'para sempre...'
'para sempre...'

Yuri Thomazelli

12 de set de 2012

O mundo gira...


Então
É assim
que o mundo
gira

Sem voltas
de mãos vazias
e cheias de nada

Tantas traduções
para resultar
tantas decepções

Ninguém sabe
o que se passa
ou quem é passado

Vivemos numa fé
de tantos nomes
em nome de ninguém

O sagrado sangrou
todo seu sangue
Hoje é barato

Uma fama a troco
para deixar o anominato
cada vez mais ignorante

O que era errado
tomou um desvio e chegou
na frente do que era certo

Deseducados
educam o mundo
Educados estão ultrapassados

Caçam o amor
e o matam
Dois ricos injustiçados

A natureza será inesgotável
até o dia em que se esgotar
com a natureza dessa espécie

Yuri Thomazelli

10 de set de 2012

Prisão


Prisão que
não escolho
Porque sou
uma fortaleza
aberta ao mundo

De uma imensidão
de tudo o que pensar
de tudo que não
se possa imaginar
Essa é minha terra

Liberdade e prisão
por natureza
Ande por onde quiser
O chão será o mesmo
de liberdade e prisão

O silêncio tem suas
aparições e as palavras
atravessam uma cortina
de veludo para o vento
recitá-las com o tempo

Prisão de calmaria
ou liberdade de loucura
Uma doce canção
pode ecoar uma
triste melodia

A paisagem
muda no olhar
muda no falar
Muda como
tua luz reflete

Moro aqui
Essa é minha terra

Yuri Thomazelli

29 de ago de 2012

Nunca



Nunca diga
Nunca
mas deixe-o
realizar por si só

Ao menos
é menos
artificial que
dizer que
Nunca...

Essa negação
não nega


desejo algum
Joio e trigo
são peneirados

Nunca
Uma terra
sem plantio
colheu tanto
como nunca

Nunca cresceu
mas parece
nunca envelhecer
e vive com o
Nunca...

Numa gaveta
guardada
Nunca precisou
ser mostrado
pois não vive
de fora para dentro
mas de dentro
pra fora como
Nunca...

Yuri Thomazelli

3 de ago de 2012

Fuga



Não há o que temer
Palavras vazias
trazem a cegueira
Quem é capaz de ver

Bem vindo é um clichê
não há o que temer
Ninguém viu o
dia escurecer

O futuro aparece
como um espelho que
reflete diante de nós
Não há o que temer

Sim ou não
Sim ou não
Sim ou não
O que faz você correr
O que faz você correr

Céu de tempestade
Céu da boca
chuva e palavras queimadas
durante o entardecer



As horas se foram
As horas que não foram
preencheram com reações de
nada do que deveriam de ser

Mais uma vez
como sempre mais uma vez
Cálculos para serem recalculados
Resultados de hoje para aprender

Sim ou não
Sim ou não
Sim ou não
O que fez você correr
O que fez você correr

Yuri Thomazelli

24 de jul de 2012

Alucinação


Passos se perdem
a dança desanda
o ritmo desafina
a música termina

Baterias não têm acordes
Acordes não têm força
força não há sem vozes

Melodias de ninar
melodias de despertar
melodias de progredir
e já não é a mesma rima

Mais uma pra esquecer
mais uma pra fingir entender
mais uma pra enaltecer
mas tudo continua inerte

Por motivo de força sem suor
em sol menor
em dó maior
O horizonte some ao redor

Yuri Thomazelli

16 de jul de 2012

Vertigem



Mais palavras de
mentiras para serem
reveladas
Mais uma canção
para dançar de
braços cruzados
Mais uma realidade
de que vivemos
juntos
mas separados

Doa a quem doer
não estava ao nosso
alcance
Sob o mesmo teto
mas caminhando
distante
Assim desde o dia
que deixamos de viver
para sermoshorizontes

Aqui está apenas
amanhecendo
enquanto aí está
anoitecendo
Amanhã será
ao contrário
Nossos horizontes
continuarão
desaparecendo

Apenas um pôr
do sol acalentado
Apenas a nossa
simplicidade em
meio ao nosso
jeito complicado
Apenas nós
na hora errada
no momento
enganado

Yuri Thomazelli

11 de jul de 2012

Hunt the love


Let's leave it escape
through our hands
Let's cry one more
time again

The 21st century is 
sucking all our feelings
Social networks teach
how to learn loving

We never saw our faces
we just have scheduled
The time to be happy
was just a lie to our routine

We are so advanced
we took turns to share
Both of us give
nothing to lose

Let's hunt the love
Let's hunt the love

There is a special
place to this trophy
We bought ourselves
what we need to proof?

We run to nowhere
people cross ways
Me and you, we didn't wait
We lived happy forever
just for one day

Let's hunt the love
Let's hunt the love

Wake up, wake up
wake up, wake up
It's midday at night
What you see is your sky
as you love inside your heart

Let's hunt the love
Let's hunt the love
Let's hunt what
we don't feel

Yuri Thomzelli



Tradução
Vamos caçar o amor

Vamos deixá-lo escapar
através de nossas mãos
Vamos chorar mais uma
outra vez

O século 21 está sugando
todos os nossos sentimentos
As redes sociais ensinam
como aprender a amar 

Nunca vimos nossos rostos
Nós apenas tínhamos agendado
O tempo para ser feliz foi apenas
uma mentira para a nossa rotina

Nós somos tão avançados
nos revezamos para compartilhar
Ambos de nós não damos
nada para perder

Vamos caçar o amor
Vamos caçar o amor 

Há um lugar especial
para este troféu
Nós compramos nós mesmos
o que precisamos para provar?

Corremos para lugar nenhum
pessoas cruzam maneiras
Eu e você, nós não esperamos
Vivemos felizes para sempre
apenas por um dia 

Vamos caçar o amor
Vamos caçar o amor Acorde, acorde
acorde, acorde
É meio-dia à noite
O que você vê é o céu
como você ama dentro do seu coração

Vamos caçar o amor
Vamos caçar o amor
Vamos caçar o que
nós não sentimos

Yuri Thomazelli

7 de jul de 2012

Cegos


Veja o que os
cegos enxergam

E nós seremos
sempre desavisados

Veja o que os
cegos enxergam

E nós seremos
sempre ignorantes

Veja o que os
cegos enxergam

E nós nunca
veremos nada

Veja o que os
cegos enxergam

E não haverá deus
que nos salve

Elos perdidos não formam correntes
Correntes não são fortes sem elos
E o futuro nunca se tornará presente
Pois o presente é uma voz sem ecos

2 de jul de 2012

Fantasmas


Jamais tive
coragem para
compreender
os fantasmas
que atravessam
minhas paredes
Não sei o que
eles querem
exatamente

Eles me lembram
sobre o que o
mundo nunca viu
e talvez nunca saberá

Eles me lembram
sobre o que você
nunca ouviu
mas que eu
sempre quis falar

Eles dizem que
não são do inferno
Eles dizem que
não são do céu
mas eles vivem


nos meus sonhos
e pesadelos

Mensagens distoricidas
a cada noite
mostram-me uma
outra realidade
Quando abro os olhos
fios de balões são
cortados por uma foice

O sol é figurante
e a sua vida
não me faz sentido
Esse quebra-cabeças
se tornou um ciclo
de vícios sem virtudes

Yuri Thomazelli

1 de jul de 2012

Pseudônimos



Nunca ninguém
perguntou

Temos a razão
para ser distribuídas
todos os dias

Não precisamos
que sejam credenciados
a crença alguma

Temos a força para
fazer o mundo girar
a nossa volta

Somos a tempestade
e não há copo de água
que cure a sua insônia

Nosso silêncio confirma 
que não há verdade
maior que a nossa

Conspirações geram
inspirações de
olhos fechados

Estamos em todos
os lugares e

Porque
Pseudônimos da verdade
Esse é o nosso nome

Yuri Thomazelli

27 de jun de 2012

Sonho com fim



Eu tive um sonho
Um dia eu sonhei
Eu apaguei-o
Eu recomecei-o
Eu simplesmente
desisti e voltei
a dormir

Eu tive sonho
e sonhei em
dar o primeiro passos
Caminhei sem
obstáculos
E sonhei feliz
eternamente

Eu cansei
Eu tentei
Eu me afoguei
Vivo a cada
instante de
um sonho
sem volta

Eu sonhei mais
de uma vez
Tudo de novo e 
nada de velho
mas nada de novo
De novo apenas o
mesmo velho final

Sonho agora
não como outrora
Com os pés 
no travesseiro
Longe do mundo inteiro 
Pesadelos tomam
todas as horas

Mais uma vez
um sonho que
acordou com
os pés fora do
chão e sem vez
Tudo assim 
já foi uma vez

Yuri Thomazelli