13 de set de 2013

つづく (Seguido por; continua)


Mesmo que um dia
os caminhos mudem
Vamos nos lembrar
de que...

Sempre estaremos
ligados
Embora a distância
esteja entre nós

Vivemos sem dar
importância ao tempo
Não prendemos a
felicidade

Não vamos nos esquecer
Jamais esqueceremos

Não nos demos conta
de que o presente se
tornaria uma história
baseada na simplicidade

Mesmo as dificuldades
enfrentadas ou compartilhadas
Tiveram ao fim de tudo
seus aprendizados

E não podemos negar
Jamais negaremos

Vivemos e viveremos
sem falta de espaço
Sem nos esquecermos
desse presente

Yuri Thomazelli

7 de set de 2013

Presente

Entre o passado
e o futuro
Entre mim e ti
Entre ocasiões
especiais
Entre verbos
conjugados

Não importa
se o tempo
não para

Entre o passado
e o futuro
Entre mim e ti
Entre ocasiões
especiais
Entre verbos
conjugados

O mundo deixou
de fazer sentido
lá fora

Entre o passado
e o futuro
Entre mim e ti
Entre ocasiões
especiais
Entre verbos
conjugados

Não há sabor
a ser explicado
agora

Entre o passado
e o futuro
Entre mim e ti
Entre ocasiões
especiais
Entre verbos
conjugado

Havia de
ser aprendido
uma hora

Entre o passado
e o futuro
Entre mim e ti
Entre ocasiões
especiais
Entre verbos
conjugados

Um dia pode
ser muito ao
acaso

Entre o passado
e o futuro
Entre mim e ti
Entre ocasiões
especiais
Entre verbos
conjugados

Hoje há um
presente a ser
conjugado

Entre o passado
e o futuro
Entre mim e ti
Entre ocasiões
especiais
Entre verbos
conjugados

Não importa 
se o tempo
não para
O mundo deixou
de fazer sentido
lá fora
Não há sabor
a ser explicado
agora

Havia de ser
aprendido
uma hora
Um dia pode
ser muito ao
acaso
Hoje há um
presente a ser
conjugado

Yuri Thomazelli

1 de set de 2013

Triste ilusão


Cruzaste aos meus olhos
Criaste um sonho
dentro de mim
Um mundo perfeito
Revezes não nos
fariam cair

De qual lado
você vem
A qual parte
você vai

Doce ilusão
Doce ilusão

Uma mera palavra
um vago olhar
Olhe o que diz aquela
nuvem ali
Enxergas a mesma palavra
que vi?

De qual lado
tu vens
A qual parte
tu vais

Doce ilusão
Doce ilusão

Poesia simples de rimar
fácil amar, amar e amar
Que planeta é esse
longe de casa
longe da gente
Tão fácil de acreditar, e
se apaixonar, se apaixonar
e se apaixonar

Que desejo é esse
que lá fora está
aqui dentro se sente
Tão simples se enganar
enganar e se enaganar

De que lado
vieste
A qual parte
irás

Triste prisão
Triste prisão

Yuri Thomazelli