29 de dez de 2009

Pérola

Pérolas raramente são encontradas
A menina dos olhos
brilho para poucos
brilho sentido

O lirismo do dia-a-dia
Uma letra sem muitas rimas
entre os erros e acertos que
fazem parte dessa 'música'

O cheio e o deserto
Um dia encantado
outro decepcionado
A canção muda enquanto
estamos dançando


Às vezes, as horas parecem
com uma correnteza de um mar revolto
contrárias às nossas idéias
Mas não se esqueça que
zero, um dia tudo já foi

Não olhe pra trás, porque hoje
Presentes com ou sem embrulhos
São 'presentes' de vida
E nunca se esqueça que
um sorriso vale mais que
mil desilusões, pra tanto
Olhe para dentro do seu coração

O perto e o longe
Um dia ao seu lado
outro dia afastado
Momentos estão sempre cicatrizando

Yuri Thomazelli

16 de dez de 2009

'Um recomeço' do séc XX perdido no séc XXI


Pra todo fim
um 'novo começo'
Porque eu acredito em você

Eu poderia te descartar
feito uma dama sem 'copas'
Mas 'alguém' deu pra gente
esse 'novo começo'

Doce luz em meio às amarguras
dessa vida
Não nos encontramos como em
"Cinderela", nem como em "A bela adormecida"

Tu não és perfeita
porém saiba que és especial
pra mim
Eu não sou perfeito
porém gostaria de ser especial
pra você

Imperfeições ao olhos alheios
O que vale mesmo é o que sentimos
um pelo outro
é especial

Sempre soube que você
não seria perfeita
que você teria a sua
própria receita

(Pés no chão, corações ao alto
Voe comigo, porque após
tantas frustrações
Da mesma forma
que você quer sorrir,
eu quero te fazer feliz)

'Alguém' deu pra gente
um 'novo começo'
Então vamos mudar de endereço
Pra onde não exista 'paus' e 'espadas'
Pra onde o nosso ouro
sejam nossas 'copas'

Yuri Thomazelli

11 de dez de 2009

Dual


Meu mundo quebrou
o chão afundou
Ontem a minha vida desandou

Meu coração furou
feito balão voou
De repente meu sorriso murchou

Meu entusiasmo acabou
como bolha de sabão furou
A minha idéia de viver nesse mundo pifou
...
-A esperança correu
Uma rosa brotou
-Procuro por onde ela se escondeu
Branca ou vermelha sua cor não mostrou
-Hoje sinto que a minha vida não adormeceu
Talvez um dia eu saiba se a minha vida é paz ou amor

Yuri Thomazelli

4 de dez de 2009

P'e'ssado


Uma rua em guardada como
uma fotografia em sépia
Todas as lembranças paralisadas
Naquele tempo em que as horas
não voltam mais pra te trazer de volta

Por que teve que ser assim, tão de repente?
O encanto foi quebrado e como Cinderela você se foi
deixando a sua marca dentro de mim

Uma estrada reta, sem você no horizonte
Torna tudo preto e branco
Torna tudo vazio e

Traz o silêncio que me inquieta a alma
Como naquela fotografia em que a
gente se viu pela última vez

Yuri Thomazelli

26 de nov de 2009

Silhueta


Não sei que dia é hoje
Não sei que horas devem ser
De olhos abertos ou fechados

A todo instante eu imagino você
A todo instante eu sonho em estar com você
Será que um dia eu tocarei no seu rosto?

Quando iremos nos econtrar
No campo, na neve ou no mar
Não sei como você será
Como Deus te desenhar
eu não vou ter como negar que...
///////////////////////////////

Não sei quanto tempo vai demorar
Não sei há quantos passos estamos
De dia ou à noite

Não vejo a hora de te conhecer
Não vejo a hora das nossas flores crescerem
Será que algum dia te abraçarei bem forte?

Yuri Thomazelli

Icógnita s?


“Nós éramos sós”
Ajude-me a conjugar esse verbo no passado
Porque eu quero que o futuro seja o nosso
sonho durante todas as noites do nosso presente

Não sei como será
Apenas gostaria de juntos o nosso jardim cultivar
De belas flores de todas as cores e um perfume
do sinônimo de amar

Ajude-me a separar essas fotografias em
"preto e branco" num baú trancado
Porque eu quero destrancar as nossas esperanças
durante todas as nossas fotos coloridas
tenham suas tonalidades quentes

Não sei como será
Apenas gostaria de juntos o nosso jardim cultivar
De belas flores de todas as cores e um perfume
do sinônimo de amar

Yuri Thomazelli

17 de nov de 2009

Desmarcado


O mar apagou aquelas marcas na areia
A água salgada das minhas lágrimas
Tanto tempo depois aquelas marcas se foram

Por tantas vezes tentei proteger
para o mar não apagar
Por tantas vezes deixei pingar

Minhas lágrimas se transformaram
num mar salgado
Mar salgado que apagou
aquela marca na areia
Marca que agora desmarcou
o encanto para sempre
O encanto que todos os dias eu...
que todos os dias eu...

Da minha vida e dos sonhos meus
Da minha vida e dos sonhos meus
Da minha vida e dos sonhos meus

Yuri Thomazelli

12 de nov de 2009

Vida de aluguel


Minha vida é um aluguel
eu pago por coisas que nunca fiz
com juros eternos pra jamais repetir
por àquilo que eu jamais vi

É estranho como as coisas são
do nada, sem nem menos aceitar
o contrato de nascer, eu já vim pagando
tudo àquilo que deixaram dever

Aqui se faz, aqui se paga
todo santo dia uma parte
Correr dos juros não leva à nada
todo santo dia, uma hora parte

Um tropeço numa rua plana
Por que a minha sombra está de pé?

A minha vida é de aluguel
Gente que eu nunca vi
querendo tirar o meu sorrir
Gente que não respeitou nem por si

É estranho como as coisas são
que lugar é esse que eu vim parar
sem nada dizer, já foram me puxando
pra uma longa prestação de "contas" padecer

Aqui se faz, aqui se paga
todo santo dia uma parte
Correr dos juros não leva à nada
todo santo dia, uma hora parte

Um tropeço numa rua plana
Por que a minha sombra está de pé?

Yuri Thomazelli

11 de nov de 2009

Lembranças

Eu senti uma pedra deslizar
durante a minha subida
Do topo da montanha
agora em direção ao nada
Eu senti o chão se aproximar
Eu senti a minha cara quebrada

Lembranças vem passando
como um trem de carga
sem pausa para respirar
Lembranças sendo amassadas
nunca fui um ator de marcas
de porta em porta interpretar

Lembranças e perfumes
Nunca me esquecerei
o cheiro daquela estação
Lembranças e costumes
Nunca me esquecerei
o calor que viveu meu coração

Eu senti uma avalanche me soterrar
a graça se foi e deixou a vida
Alcançar outra vez o topo da montanha?

Do nada em direção agora
aonde?
Eu senti nada mais me alegrar
Eu senti que perdi do meu coração
o amar

Lembranças e perfumes
Nunca me esquecerei
o cheiro daquela estação
Lembranças e costumes
Nunca me esquecerei
o calor que viveu meu coração

Yuri Thomazelli

Sentenced - No One There



The axe, the bottle, and the rope
The feeling there really is no more hope
The thought of the great unknown
And facing it alone
The dark, the silent, and the cold
The feeling I have come to the end of my road
Yes these are the things I spend my remaining moments with

When the wind blows through my heart
Shivers me one last time
As I now reach out in the dark
No one there

Why did it have to be so hard
For us to live our lives
Again I reach out in the dark in despair

The desperation and the snow
The feeling of finally coming back home
The melancholy and the hole in the soil so hard and cold

When the wind blows through my heart
Shivers me one last time
As I now reach out in the dark
No one there

Your love for me, my love for you
Things we somehow managed to lose
Now there's only the ruthless wind
To blow right through
If freezes my heart, my desperate heart
If freezes my heart, my desperate heart
If freezes my heart, my desperate heart
To think we both will die alone

When the wind blows through my heart
Shivers me one last time
As I now reach out in the dark
No one there


Tradução

Ninguém lá

O machado, a garrafa e a corda
O sentimento de não haver realmente mais esperança
O pensamento sobre o grande desconhecido
E enfrentando isso sozinho
O escuro, o silêncio e o frio
O sentimento de que cheguei no fim da estrada
Sim, são essas as coisas com as quais passo meus últimos momentos

Enquanto o vento sopra pelo meu coração
Me arrepia uma última vez
Quando nesse momento, eu não consigo alcançar na escuridão
Ninguém lá

Porque teve de ser tão dificil
Para nós em vivermos nossas vidas
De novo, eu tateio na escuridão em desespero

O desespero e a neve
O sentimento de, finalmente, voltar para casa
A melancolia e o buraco no solo tão duro e frio

Enquanto o vento sopra pelo meu coração
Me arrepia uma última vez
Quando nesse momento, eu não consigo alcançar na escuridão
Ninguém lá

Seu amor por mim, meu amor por você
Coisas que, de alguma maneira, conseguimos perder
Agora, apenas o vento implacável
A soprar bem lá dentro
Congela meu coração, meu desesperado coração
Congela meu coração, meu desesperado coração
Congela meu coração, meu desesperado coração
Em pensar que ambos morreremos sós

Enquanto o vento sopra pelo meu coração
Me arrepia uma última vez
Quando nesse momento, eu não consigo alcançar na escuridão
Ninguém lá

3 de nov de 2009

Página de sonhos


Mais uma página
mais um dia de vida
Após uma virada deixando
o passado pra trás de olho no futuro
à frente

Livro da vida com muitas páginas em branco
O que escrever neste dia?
Qual será a próxima maravilha?
Não quero que hoje seja apenas um jornal esquecido
num banco

Mais uma página
Mais uma chance que parecia perdida
após uma rasteira do presente
ofuscando meus sonhos em mente

Livro da vida
Cada dias menos páginas em branco
Hoje escrevo sobre uma nova vida
Deixou de ser alguém pra se tornar a
minha mais nova maravilha

Fazendo não só o dia de hoje
mas todos os dias nossos melhores cantos

Viajamos além das nuvens
e vemos o quanto o mundo é pequeno
Se eu não posso tê-lo dentro de mim
saiba que você cabe direitinho dentro
do meu coração, minha eterna paixão

Yuri Thomazelli

27 de out de 2009

Respostas sem fundamentos


Ainda continuo me procurando
Respostas que digam o que eu sou
Um artista ou um engana vida
Talvez um desses seja eu

A chuva, o sol e a lama
Na tristeza, na felicidade
ou debaixo da ponte
Talvez num desses lugares seja onde eu viva

Já caminhei muito pra frente
como rolei muito pra trás
Já me ceguei na luz quando
a menos de um passo da chegada eu estava

Muitas canções escutei
de ninar, de amar, de chorar
Algumas delas simplesmente
amei e outras joguei, fora,
porque penico, dos meus ouvidos não fiz

Competi com gente de talento
O meu mostrado pela metade
Ate hoje não sei em que posição
cheguei, se é que cheguei

Amo um porta, às vezes parece que passo
Nas outras, eu quebro a cara
E até agora não sei aonde deixei a chave
Acho que estou preso em um quarto solitário

4 patas, uma face arisca
Poucos amigos ou de tímido
Quem é você e o que faz aqui
Companhia pra fiel para a vida, não traia

Tudo isso por passos, horas e anos
E um assobio gelado do vento pelo caminho
Ainda procuro por essa resposta
Quem sou eu ou por que estou vagando por aqui

Um artista ou alguém despercebido
No seco ou no molhado
Talvez eu ache tal tesouro perdido
Bom dia agora ou atrasado
Talvez eu consiga cumprir com o prometido
No horizonte à frente retalhado
Talvez eu encontre a estrela que me faça sentir unido
Num coração acalentado ou num quarto solitário
Talvez eu acorde amanhã...

Yuri Thomazelli

Perdido


O tempo me assuou pra fora
Após essa era de inseguranças
O mundo pediu-me para ir embora
Eu estraguei tudo e quase o deixei sem forças

Faça o que quiser de mim
Ainda houve uma esperança
Ainda que fosse falsa
Leve o que quiser de mim

Eu me sinto morto por dentro
Não entendo porque estou aqui
Se todos os meus sorrisos cavaram
o meu próprio fim
Eu me sinto perdido no tempo

O mundo não mais me quer
Pois bem, faça o que quiser
Eu já tive meu tempo em que
Ser quieto era um prazer
Livrando o tempo de tudo
Que eu sempre quis viver

Perdi uma vida
Espero que seja a última
não sei mais no que pensar
Porque essa foi a última chance
que a vida me concebeu para
pensar novamente
Em tudo que deixei de amar

Yuri Thomazelli

Sentenced - You Are The One



You are the light at the end of the tunnel
The beacon fire in the dark
The glimmer of hope and truly the meaning of my life

I say this with all of my heart:

You are the only one for me
Year to year, in words and deed
In all this chaos the trace of clarity
You are the only one I see
My first and last, my all and everything
You are the One

When dusk falls and obscures the sky
You´re the shine of the Northen Star
No dead of night can fade the brilliance of your light

I say this, holder of my heart:

You are the only one for me
Year to year, in words and deed
In all this chaos the trace of clarity
You are the only one I see
My first and last, my all and everything
You are the One

You are the only one
In the heart of winter the confort of the sun
You are the One, my love, you are the One


(Tradução)

"Você é a Única"

Você é a luz no fim do tunel
O fogo da baliza na escuridao
A luz de esperança e confiança, o sentido da minha vida

Eu digo isso com todo meu coração

Você é a unica pra mim
Ano após ano, nas palavras e nas ações
Em todo esse caos o traço da claridade
Você é a unica que eu vejo
Minha primeira e ultima, meu tudo e todos
Você é única

Quando o anoitecer cair e escurecer os céus
Você vai ser o brilho da estrela do noroeste
Nenhum morto da noite pode diminuir o brilho da sua luz

Eu digo isso, do fundo do meu coraçao

Você é a unica pra mim
Ano após ano, nas palavras e nas ações
Em todo esse caos o traço da claridade
Você é a unica que eu vejo
Minha primeira e ultima, meu tudo e todos
Você é única

Você é a unica
No coraçao do inverno o conforto do sol
Você é única, meu amor, meu amor...você é única

18 de out de 2009

Apenas dias


O que Janeiro perguntou pra Fevereiro?
Quantos dias você vai ter?
28
Sabe como serão?
Não
O que Fevereiro perguntou pra Março?
Quantos dias você vai ter?
31
Sabe como serão?
Não
O que Março perguntou pra Abril?
Quantos dias você vai ter?
30
Sabe como serão?
Não
O que Abril perguntou pra Maio?
Quantos dias você vai ter?
31
Sabe como serão?
Não
O que Maio perguntou pra Junho?
Quantos dias você vai ter?
30
Sabe como serão?
Não
O que Junho perguntou pra Julho?
Quantos dias você vai ter?
31
Sabe como serão?
Não
O que Julho perguntou pra Agosto?
Quantos dias você vai ter?
31
Sabe como serão?
Não
O que Agosto perguntou pra Setembro?
Quantos dias você vai ter?
30
Sabe como serão?
Não
O que Setembro perguntou pra Outubro?
Quantos dias você vai ter?
31
Sabe como serão?
Não
O que Outubro perguntou pra Novembro?
Quantos dias você vai ter?
30
Sabe como serão?
Não
O que Novembro perguntou pra Dezembro?
Quantos dias você vai ter?
31
Sabe como serão?
Não?
...
O que Dezembro perguntou pra Janeiro?
Quantos dias você vai ter?
31 dias de um novo ano
Mas você sabe como serão?
...
Não, ninguém sabe como será o amanhã...

Yuri Thomazelli

14 de out de 2009

Apenas nós


Por que você faz essa falta aqui dentro de mim?
Por quê?
Não nos permitimos encontrar essa resposta?
Meu bem,
uma volta ao mundo ou simples passeio pelo parque,
nessa resposta não interessa o lugar
Por quê?
Está dentro de nós

Num grandioso encontro,
ou numa simples conversa
desde que os nossos olhares se encontrem...

Eu só queria dizer que te amo
Mesmo estando longe de mim
Você não me faz sofrer
Aconteça o que acontecer
Pra sempre meu amor a você
vai prevalecer

Embora seja difícil, por que não fazer valer?
Não deixe de crer, isso faz nosso amor engrandecer
E você sabe bem o porquê...
Porque eu
Porque eu
não escolhi uma 'sensação' para viver

Yuri Thomazelli

Põe na conta


Põe na conta do papa
pelo meu amor desperdiçado
Põe na conta do papa
pelo meu silêncio acalentado
Põe na conta do papa
pelas minhas palavras inadequadas
Põe na conta do papa
pela minha infantilidade
descontrolada
Põe na conta do papa
pelos meus sonhos amargurados
Põe na conta do papa
pelos meus erros congestionados
Pelas minhas crenças desacreditadas
Põe na conta do papa
pela minha sorte sacrificada
por eu não ter encontrado o amor da minha vida
Põe na conta do papa
por eu viver escondido nesse mundo espelhado

Yuri Thomazelli

13 de out de 2009

Por que você se foi?


Um dia
Perdido no meio de tantas anotações
Eu deixei de respirar ao cair em alucinações
Sem pensar que no final essa história ficaria
Vazia
Do meio do mar e sendo guiado até a praia
Um recomeço gritante e quase sem fôlego
em meio a raios e trovões

Por que você se foi?
Agora que você está longe
Agora que você tem outra vida
Agora não se preocupe mais comigo
Porque agora é para sempre
Porque agora é para nunca mais

Hoje
O dia
anotado o fim da canção
respirando agora a mais nova maldição
A queda trazendo um ponto final que eu não gostaria
No fim do mar onde não há água nem areia para pisar
Seguindo no escuro
rumo de mãos dadas à solidão

Yuri Thomazelli

10 de out de 2009

Coração morto


Quando você me pega todo frio
Sem mais aquele vermelho feliz de antes
Agora só uma cor escura e um corpo mole

Eu não estou mais aqui
Partido ao meio
sem chance para uma segunda reação
Voltar a viver,
quem sabe numa outra vida?

Um coração torcido
Sem mais o sangue correndo
com o açúcar para saborear
o amor que acabou amargando
a chance de bater mais forte

Coração moído
Depois de tantos dias de sonhos
o vermelho mudou tantas vezes a tonalidade
mas nunca deixou de ser vermelho...
Até o seu próprio fim

Minhas frias lágrimas
sem o calor do seu amor
Um último suplico sem força
Eu realmente acreditei

Tão ingênuo sem saber pra aonde ir
Sem saber o que dizer nem quem ouvir
Dias e noites sem dormir
Amor pra sempre destruído

Yuri Thomazelli

3 de out de 2009

Queria


Queria conversar sobre as coisas boas da vida
e desabafar sobre as ruins
Queria te abraçar de olhos fechados
Queria te encontrar num simples sorriso
Queria... Queria tanto... Apenas queria...

O amor
Um dia nasceu
Outro, ele viveu
Um outro dia...
Ele desapareceu?

Porque fui morrendo aos poucos
Porque fui acordando desse sonho
As poesias deram lugar ao epitáfio
Por que o nosso tempo se foi?

Tudo foi preto e branco
Uma caneta preta num
pedaço de papel envelhecido
Uma história perdida num espanto
na derrota de um amor vencido
do começo ao fim por uma falso canto

Queria conversar sobre as coisas boas da vida
e desabafar sobre as ruins
Queria te abraçar de olhos fechados
Queria te encontrar num simples sorriso
Queria... Queria tanto... Apenas queria...

Yuri Thomazelli

1 de out de 2009

Fundo do poço


Às vezes acho que já tive uma chance
mas que soltei uma palavra amarga
Às vezes acho que estou doido
bato sempre numa tecla errada
Às vezes olho para as outras mulheres
e sinto uma atração barata
Às vezes acho que sou um fantasma
O meu amor não serve pra nada

Passos, passos e mais passos
Dias, dias e mais dias
As horas não se esgotam
O tempo passa
os dias nascem e morrem
As esperanças são moídas

O que está acontecendo?
Sinto-me despedaçado
O presente esta de luto
enquanto o passado sepulta
o futuro

Andando de olhos fechados
Parecem que as coisas
caminham melhor
Perfurando menos pelo
que deixei de viver
Minha alma pode apodrecer em paz?

Quebre-me, quebre-me
Como sexta feira 13,
eu pareço não ter fim
Doente do coração...
Ao menos a minha consciência
(que restou) ainda guia a minha mão

Às vezes acho que já tive uma chance
mas que soltei uma palavra amarga
Às vezes acho que estou doido
bato sempre numa tecla errada
Às vezes olho para as outras mulheres
e sinto uma atração barata
Às vezes acho que sou um fantasma
O meu amor não serve pra nada

Yuri Thomazelli

29 de set de 2009

Por que é tão difícil?


Porque é tão difícil de entender
Porque é tão complicado explicar
Porque é tão complexo viver

Porque é tão difícil de entender

Falo A com som de B
Dos meus suspiros surge
um vendaval que assopra
flores e espinhos em você
Quando mais tarde vejo que te machuquei

Porque é tão complexo viver

Não, não, não
Eu sinto muito e muito
por você
Se soubesse a minha tradução sobre arrepender
Só não sei como te dizer
Quando nem ao menos posso te ver

Porque é tão complicado explicar

Serenatas feitas numa noite sem luar
Canções que ao fim parecem afogar por
Rimas que não foram feitas pra te magoar
Quando na verdade eu quero apenas te amar

Porque é tão difícil de entender
Porque é tão complicado explicar
Porque é tão complexo viver

Yuri Thomazelli

23 de set de 2009

Just another love song


You have the beauty
of all women of this world
Storms days don't exist
With you
What difference does if
the city is full or empty
Because with you
Just with you
I am

The wind erases marks in the sand
The water erases marks on the rocks
But nothing erases what I feel for you
I would like of this normal day
be with you and make a special day

Veemer has created girl with pearl earring
Kadinsky has created what he felt
and God...
God lovely brought you

Just another love song
Lyrics and more lyrics
Just for you
made by the red of my heart
that I feel for you

I don't know where are you
We got many roads for all this time
I raised you
and you made me smile
untill I stumble on my last step
So, and now
Can't I more find you?

You have the beauty
of all women of this world
Don't exist art more beautiful
than you
Empty no, listen your chest and see
how full is your heart of grace
And know that
just with you
I am

Yuri Thomazelli



Tradução

Apenas uma outra canção de amor

Você tem a beleza
de todas as mulheres desse mundo
Dias de tempestades não existem
Com você
Que diferença faz se
a cidade está cheia ou vazia
Porque com você
Apenas com você
Eu estou

O vento apaga as marcas na areia
A água apaga as marcas nas pedras
Mas nada apaga o que eu sinto por ti
Eu gosataria desse dia normal
estar com você e fazer um dia especial

Veemer criou garota com brinco de pérola
Kadinsky criou o que ele sentia
E Deus...
Deus, amavelmente trouxe você

Apenas uma outra canção de amor
Letras e mais letras
feitas pelo vermelho do meu coração
que eu sinto por você

Eu não sei aonde você está
Nós pegamos tantas estradas por todo esse tempo
Eu levantei você
e você me fez sorrir
até eu tropeçar no meu último passo
Então, e agora
Não posso mais encontrar você?

Você tem a beleza
de todas as mulheres desse mundo
Não existe arte mais bela
que você
Vazio não, escute seu peito e veja
o quão cheio de graça está seu coração
E apenas saiba que
apenas com você
Eu estou

Yuri Thomazelli

21 de set de 2009

Um brinde


Brindar ao o que eu não sei
mas à alguma coisa boa
Porque há muito tempo
meu coração voa
por um amor que nunca sonhei

Olhei para o alto, o céu se abrir
em meio à tempestade
De todo esse tempo
Posso voar pra onde eu sempre quis?

Dias e dias, tesouro fora do mapa
Noites e noites, sonho sem rota
Anos e anos, não sei o que paguei

Quero poder brindar...
Por dias... Por noites...
Por todos os anos que virão...

Sem rota, fora do mapa, sem nada a pagar
Encontrar o tesouro da minha vida,
numa noite em que a lua sonhe com a gente
...
Por todos os anos que virão

Yuri Thomazelli

17 de set de 2009

Para além de tudo


Para além da cidade
Para além das montanhas
Para além de tudo que se foi

Para um lugar
Sem nada a observar
abaixo de um luar
sentado, então, esperar
A luz do dia chegar, com
todos os pássaros voar
para quem sabe, o meu coração
cicatrizar

Para além da cidade
Para além das montanhas
Para além de tudo que se foi

De tanto te amar
Sem mal desejar
Em todo lugar
Em todo momento, de você lembrar
Querendo sobre mil coisas conversar
na hora de viajar, sem saber por onde começar
Agora, apenas um para voar
Longe... Para longe...
Fazer meu coração cristalizar...

Para além da cidade
Para além das montanhas
Para além de tudo que se foi

Yuri Thomazelli

8 de set de 2009

Forgive me


Forgive-me
Please do not forget me
I'm so sad
for everything
I've said

So, one more time
I know
One more time, one more time
The same discussion
Sometimes I exaggerate
I know
Forgive me

In front of a mirror
I wrote from right to left
love puzzles to you
they left shuffled
The right changed by
the wrong fields

Forgive-me
Please do not forget me
I'm so sad
for everything
I've said

For heaven sake
you don't know how
is so hard
Living quarreled with you
because of my words that arrive
with another melodies

Heart of my life
You know that
I'm not so
Sometimes I try to hold
but the dam leaks
...
I 'just'
Love you so

Please

Forgive-me
Please do not forget me
I'm so sad
for everything
I've said



Tradução

Perdoe-me

Perdoe-me
Por favor, não me esqueça
Eu estou tão triste
por tudo que
eu disse

Então, mais uma vez
Eu sei
Mais uma vez, mais uma vez
A mesma discussão
Às vezes eu exagero
Eu sei
Perdoe-me

Na frente de um espelho
Eu escrevi da direita pra esquerda
enigmas de amor a você
que saem todos alterados
O certo trocado pelos
campos errados

Pelo amor de deus
Você não sabe como
é difícil
Viver desentendido contigo
Por causa das minhas palavras que chegam
com outras melodias

Coração da minha vida
Você sabe que
Eu não sou assim
Às vezes eu tento segurar
mas a represa vaza
...
Eu 'apenas'
te amo muito

Por favor

Perdoe-me
Por favor não me esqueça
Eu estou tão triste
por tudo que
Eu disse

Yuri Thomazelli

4 de set de 2009

David Gray - Please Forgive me


Please forgive me
If I act alittle strange
For I know not what I do.
Feels like lightning running through my veins
Everytime I look at you
Everytime I look at you

Help me out here
All my words are falling short
And there's so much I want to say
Want to tell you just how good it feels
When you look at me that way
When you look at me that way

Throw a stone and watch the ripples flow
Moving out across the bay
Like a stone I fall into your eyes
Deep into that mystery
Deep into some mystery

I got half a mind to scream out loud
I got half a mind to die
So I won't ever have to lose you girl
Won't ever have to say goodbye
I won't ever have to lie
Won't ever have to say goodbye

Woe woe woe I
Woe woe woe I
Woe woe woe I

Please forgive me
If I act alittle strange
For I know not what I do
Feels like lightning running through my veins
Everytime I look at you
Everytime I look at you
Everytime I look at you
Everytime I look at you

Tradução

Por Favor Me Perdoe
Por favor me perdoe
Se eu agir de forma um pouco estranha
Pois eu não sei o que fazer
A sensação é de um raio correndo pelas minhas veias
Toda vez que eu olho para você
Toda vez que eu olho para você

Ajude-me aqui
Todas as minhas palavras estão diminuindo
E tem tantas coisas que eu quero dizer
Quero dizer pra você como é bom
Quando você me olha desse jeito
Quando você me olha desse jeito

Jogue uma pedra e observe as ondas fluírem
Se movendo através da baía
Como uma pedra eu caio em seus olhos
Profundamente dentro deste mistério
Profundamente dentro de um mistério

Eu tenho metade de uma mente para gritar
Eu tenho metade de uma mente para morrer
Então eu nunca terei que perder você garota
Nunca terei que dizer adeus
Eu nunca terei que mentir
Nunca terei que dizer adeus

Woe woe woe eu
Woe woe woe eu
Woe woe woe eu

Por favor me perdoe
Se eu agir de forma um pouco estranha
Pois eu não sei o que fazer
A sensação é de um raio correndo pelas minhas veias
Toda vez que eu olho para você
Toda vez que eu olho para você
Toda vez que eu olho para você
Toda vez que eu olho para você

2 de set de 2009

Perdoe-me


Curtido no vácuo
Cores alterando palavras
Sem vento pra te ver
Por um sabor que não enxerga
Pontos e vírgulas escassos

Eu não sei
Eu sei
Sempre soube
Nunca pensei...

Ao menos

Perdoe-me
Perdoe-me

Eu escrevo de da direita para a esquerda
na frente de um espelho
Meus enigmas indecifráveis de amor a você
Curtidos dentro de mim
Ventando canções de amor
Na mais bela arte sem fim

Perdoe-me
Perdoe-me

Yuri Thomazelli

29 de ago de 2009

Interior


O que mais você quer?
Veja que bagunça você fez
Escolha o seu destino
Acabar com o próprio coração
O sol está indo embora
A solidão está puxando seus pés
O ar está denso para você, mas
Tudo porque você está fazendo assim

Você não está numa rua sem saída
Olhe para dentro de você e veja
que a luz no fim do túnel existe
Apenas seja você e não se faça de morto
porque ninguém se serve de tolo
para irem e voltarem a hora que deseja
depois de você ter tomado um rumo enganado
Aprenda de uma vez a saber escolher
Pra depois não ser tarde demais
e sair chorando por aí por se arrepender
de uma escolha mal feita
Você bem sabe que muita coisa muda
A vida não será mais a mesma
Todas as costuras costumam ser doloridas
As cicatrizes tomam conta da sua face
Você nem sabe que depois niguém te reconhecerá

Não se esqueça que ninguém faz parte do seu mundo
Comece por você a deixar o seu lado triste sozinho

Yuri Thomazelli

27 de ago de 2009

Adeus


Então, adeus
Pra nunca mais... Tudo bem...!?
Mas quem irá nos garantir...?
Não há mais as pontes que nos ligaram...
Não há o que nunca teve...

Já é de tempos que se conhece o
"antes tarde que nunca"
Já era tempo, depois de tanta porrada
Não há alma que resista, mesmo que
não tenha sido despedaçada

Um dia fui bobo da... corte que
mão de bela donzela não tive...
a não ser um sinal de negação

Acordei de um sonho
ou me levantei em um pesadelo?
É difícil quando escuto
uma música que me faz
voltar no tempo...
Reviver a canção
daquele momento
Não é fácil dizer que
dessa nossa história estou esquecendo

Sou único nesse mundo...?
Eu gostaria de te dar um beijo
ao invés de dizer adeus...
Nesse final de história com
seus cravos e cruzes...
Então que seja feita à vontade de Deus...

Yuri Thomazelli

21 de ago de 2009

Grãos do mesmo saco



Grãos do mesmo saco
A colheita renegada
semeados num lugar sem respeito

A água sem o valor de vida
não purifica grãos fermentados
colhidos sem amor
apodrecidos em meio à dor

Nós pagamos pelo que colhemos
Por que continuar pagando por quem
cultiva corações sem amor?

Safras passadas misturadas
entre amor e dor
A contaminação chegou às raízes

A próxima safra a caminho de
um futuro chamado "Apocalipse"
O respeito existirá?
E o amor quem dirá?

Nós pagamos pelo que colhemos
Por que continuar pagando por quem
cultiva corações sem amor?

Por quantas tempestades teremos que
sofrer a amargura dos grãos podres
Até brotar o respeito dentro (de todos) os corações

Depende de mim, de você, de todo o mundo
Nós somos a mão de Deus, seja qual for o seu
Nunca deixaremos de ser grãos do mesmo saco

Nós pagamos pelo que colhemos
Por que continuar pagando por quem
cultiva corações sem amor?

Yuri Thomazelli

17 de ago de 2009

(...) Cadente


Eu amei

Perdi o ponto de partida
Fiquei pra trás da linha de chegada
Você não viu
Corri pra aonde quis
Fiquei sem nada aonde estou
Você disse adeus
Meu tapete parou de voar
Fiquei perdido no meio do mar

Mas eu amei

Uma estrela cadente
que na mesma noite se foi
Era tão perto e tão longe
No mesmo instante que o encanto acabou
Eu olhei
Um céu inundado de estrelas
Um céu vazio sem a minha
Estávamos tão próximos e tão distantes...

Mas um dia eu amei...
Mas um dia...
Eu amei...

Yuri Thomazelli

15 de ago de 2009

Palavras de um sábio que não sabia de nada


As coisas mudam
Nada acontece por acaso
No final tudo se encaixa
completando esse quebra cabeça
chamado vida

A solução está dentro de nós
Sem heróis sangrando
nas batalhas do dia-a-dia
Entre passos e tropeços
seguimos caminhando

Dizem que as estrelas somem
Não deixe que a sua se vá
Sem fazê-la brilhar

Há uma jóia vermelha
Nem dura nem vazia
O que a gente idealiza
o dinheiro não traz
Apenas o que jóia vermelha faz

As coisas mudam
Nada acontece por acaso
No final tudo se encaixa
completando esse quebra cabeça
chamado vida

Yuri Thomazelli

11 de ago de 2009

Eu


Eu pensei que pudesse mudar o mundo
Eu achei que tudo fosse possível
Eu acreditei naquilo que nunca vivi

Eu enxerguei reivindicações em quem não devia
Eu salvei gente que não merecia
Eu tranquei portas que jamais se abrirão

E amanhã, que atitude terei?

Eu desacreditei naquilo que era a minha vida
Eu errei mais que acertei
Eu reprovei pedidos que nunca mais verei

E amanhã, o que acertarei?

Eu chorei por uma pessoa desconhecida
Eu amei a pessoa errada
Eu sonhei com vermelho onde apenas azul havia

E amanhã? (Viverei com alguém?)

Eu pensei que pudesse mudar o mundo
Eu achei que tudo fosse possível
Eu acreditei naquilo que nunca vivi

Yuri Thomazelli

3 de ago de 2009

Das cores do arco-íris


Das cores do arco-íris
meu coração um dia era
das tonalides alegres
por um dia ter encontrado
quem agora se foi

Junto com a chuva o sol partiu também
As cores do arco-íris se dissolveram
no cinza das nuvens
uma tonalidade sem graça
hoje toma conta de mim

Derramar lágrimas a troco de quê?
se elas não farão as correntezas
trazer águas passadas
que eu gostaria de me banhar

Pensar que tudo foi normal
perdi alguem não sei por quê
talvez seu coração não visse a mesma beleza
que eu pensava poder amar

Das cores do arco-íris eu pensei
que fosse o meu amor
Das cores do arco-íris sonhei que
pudesse brotar a minha flor

Yuri Thomazelli

2 de ago de 2009

Numa ilha perdida


Pode ser muito simples contar um mais um
Resultado que de simples adição vem paz e amor
Mas é impossível contar um sem um
Resultado que de simples solidão vem jaz e dor

Acordo todo dia com o pé direito
talvez seja hoje, o dia perfeito
Todos os 4 elementos estão lá fora
Ar, terra, fogo e água, mas e o amor
Porque quando eu estou, ele já foi embora?

Tanta gente sendo enganada por falsas
promessas vindas de corações vazios
Por que eu fico nesse mesmo vazio? Esqueceram de mim?
Seria eu capaz de fazer o mesmo?
Cicatrizes que marcaram quedas no passado
Tenho medo de ser o cara errado na hora errada

Yuri Thomazelli

30 de jul de 2009

Até quando?

Quando é que vai mudar?
Quando é que vai mudar?
Quando é que as coisas vão mesmo melhorar?
Porque somos nós que fazemos o amanhã

Todo santo dia acordamos com uma esperança morta
Noticiários apresentam um mundo fora do ideal
Gritos de medo por um troco barato
Foi aquele tiro que levou o final feliz
de quem deixava seus filhos na porta da escola

Quando é que vai mudar?
Quando é que vai mudar?
Quando é que as coisas vão mesmo melhorar?
Porque somos nós que fazemos o amanhã

Dinheiro igual sabão
Não vemos a cores que escorregam
pelas nossas mãos
enquanto a "lavanderia" sempre centrifuga tudo

Quando é que vai mudar?
Quando é que vai mudar?
Quando é que as coisas vão mesmo melhorar?
Porque somos nós que fazemos o amanhã

Fazendo o amanhã de braços cruzados
Por mais quanto tempo viveremos acorrentados
por um medo que segue a nossa sombra?

A partir do céu, apenas sol e chuva
esperar pelo vento nada muda
O Olho que tudo vê precisa de nós para lutar
com os braços "amarrados" com a mente "armada"

Quando é que vai mudar?
Quando é que vai mudar?
Quando é que as coisas vão mesmo melhorar?
Porque somos nós que fazemos o amanhã

Yuri Thomazelli

27 de jul de 2009

7 Heart (v2)


The seven stars at the dark sky
Just seven stars, and no more
The same seven star at the road,
and no more
No more...

Who do I think I am, only by writing
more a love song
So many signals appear
and I never understood until now
I am not of nobody

7Heart
Loving in live alone
Loving in live alone
Loving in straight Road (?)

How many times will I
pass for the same seven stars?
The city is dirty and desert
The gardens are bleeding
the hopes aborted
While the sun is burning
roots that one day blossomed
in a field in the middle of nowhere

One day, one day...
How long, how long...
and...
no more, no more...

7Heart
Loving in live alone
Loving in live alone
Loving in straight Road (?)

Yuri Thomazelli



Tradução
(Coração 7)

As sete estrelas no céu escuro
Apenas sete estrelas, e não mais
Os mesmos sete estrelas na estrada,
e não mais
Não mais ...

Quem eu acho que eu sou, apenas por escrever
mais um amor canção
Tantos sinais aparecem
e eu nunca entendi até agora
que eu não sou de ninguém

7Heart
Amando em viver sozinho
Amando em viver sozinho
Amando numa estreada reta (?)

Quantas vezes vou
passar pelas mesmas sete estrelas?
A cidade está suja e deserta
Os jardins estão sangrando
as esperanças abortadas
Enquanto o sol está queimando
raízes que um dia floresceram
em um campo no meio do nada

Um dia, um dia ...
Quanto tempo, quanto tempo ...
e ...
nada mais, nada mais ...

7Heart
Amando em viver sozinho
Amando em viver sozinho
Amando numa estrada reta (?)

Yuri Thomazelli

25 de jul de 2009

Só eu e você



Escrever sobre o quê?
Se tudo partiu junto com você
Pensar sobre o quê?
Acordar amanhã pra quê?
Se eu não consigo deixar de gostar de você
e você sabe bem o porquê
Então partir por quê?

Se eu só amo você
Dormir a troco de quê
?
Se no meu sonho não consigo te ver
Longe de pesadelos te proteger
Se não um amor perfeito
ao menos, amor a você

Dentro de mim um espaço só pra você
Sem fronteiras que nos faça esquecer
de um dia ou dois que pra sempre
irá permanecer
num passado, presente e futuro
eu e você

Só pergunto a Deus, por quê?
Por mais quanto tempo vou viver
longe de um amor que a cada dia se faz crescer
Porque sem medo de dizer
Vida sem você não se faz valer
queira ou não, eu sempre vou amar você

Yuri Thomazelli

19 de jul de 2009

Acabou (?)


Hoje acordei sem o Sol
num dia sem nuvens
O que os pássaros estão cantando?

Acabou o encanto (?)
Não vejo mais reflexos na água
Estranha luz que faz de tudo vazio
Agora apenas marcas nas linhas
tortas da vida do passado que partiu

Hoje, a noite sem estrelas
elas não estavam encobertas
O que a Lua está encantando?

O começo do pé direito,
terminado no esquerdo
O dia acabou antes das 24 horas
Minha garganta seca não me deixa
engolir esse ultimo suspiro

Hoje só o frio e a chuva
num dia de enterro
O que eu estava pensando?

Acabou o encanto (?)
Não vejo mais reflexos na água
Estranha luz que faz de tudo vazio
Agora apenas marcas nas linhas
tortas da vida do passado que partiu

O começo do pé direito,
terminado no esquerdo
O dia acabou antes das 24 horas
Minha garganta seca não me deixa
engolir esse ultimo suspiro

11 de jul de 2009

Como se fosse um dia qualquer


Palavras meio desligadas
Uma conversa procurando trilhos
A gente já passou por despercebidos

A mesma terra que nos distancia
une por cartas que encurtam saudades

Como se fosse um dia qualquer
um recado
Como se fosse um simples recado
um convite
Como se fosse apenas um convite
Você

Yuri Thomazelli

10 de jul de 2009

Gostando



Gostar de alguém...
Gostar mas não ser "gostado"...
Gostar mesmo depois de ouvir não
Uma vez,
Duas vezes,
Três vezes
E mesmo assim continuar gostando

Até que de repente parece
ser uma "luz no fim do túnel"
Imaginar que logo poderia se realizar
o tão esperando "gostar",
mas que no final das contas,
a luz nada mais era que o trem
que passa por cima da gente

E agora, continuar gostando...?
Vale mesmo?
Adeus... Talvez seja essa a palavra...
Porque até quando vou levar só porrada?

Yuri Thomazelli

9 de jul de 2009

Retrovisor




Eu andei pensando
Será que tudo foi verdade?
Ou a história que alguém quis
...
Não sei se estava sonhando

Lágrimas de felicidade
no meio de risos de tristeza
Montanhas se moviam do dia pra noite
...
Tudo veio de um país chamado simplicidade

Eu só precisava de um porque
Tinha horas que momentos ficavam perdidos
andando por um caminho não muito nítido
...
O que aconteceu, agora ficou preso num cinza deprimido

Que quebra é essa
Alguém pediu para solidificar?
As montanhas eram mesmo montanhas
ou pedras que o mar levava...?

Muito foi visto nesse mundo
de ventos dos tiros à amores perdidos
O gigante de dentro de nós às vezes tropeça
Na verdade poucas são as histórias
que são para toda a vida

Yuri Thomazelli

8 de jul de 2009

Red Hot Chili Peppers - Scar Tissue



Scar tissue that I wished you saw
Sarcastic Mister Know-it-All
Close your eyes and I'll kiss you 'cause
With the birds I'll share
With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view

Push me up against the wall
Young Kentucky Girl in a push-up bra
Fallin' all over myself
To lick your heart and taste you health 'cause
With the birds I'll share
This lonely view…

Blood loss in a bathroom stall
Southern girl with a scarlet drawl
Wave good-bye to ma and pa 'cause
With the birds I'll share
With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view

Soft spoken with a broken jaw
Step outside but not to brawl in
Autumn's sweet we call it fall
I'll make it to the moon if I have to crawl and
With the birds I'll share
This lonely view…

Scar tissue that I wished you saw
Sarcastic mister know it all
Close your eyes and I'll kiss you 'cause
With the birds I'll share
With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view



Tradução

Cicatrizes

Cicatrizes este que eu gostaria que você tivesse visto
Senhor sarcástico sabe de tudo
Feche seus olhos e eu te beijarei porque
Com os pássaros dividirei

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

Me empurre contra a parede
Garota de Kentucky puxo sutiã
Tudo desaba sobre mim
Vou lamber seu coração e sentir o sabor de sua saúde porque

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária...

Perda de sangue numa cabine de banheiro
Moça do sul com um sotaque que me atrai
Acene um adeus para papai e mamãe porque
Com os pássaros dividirei..

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

Falando macio com a mandíbula quebrada
Passe pro lado de fora mas não brigue
Outono é doce assim chamamos o cair
Eu marcarei isto na lua nem que eu tenha que rastejar e

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

Cicatrizes este que eu gostaria que você tivesse visto
Senhor sarcástico sabe-tudo
Feche seus olhos e eu te beijarei porque
Com os pássaros dividirei

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

5 de jul de 2009

Segunda chance



É estranho
Eu sei
Não me importa muita coisa
O vento nem sem sempre
segue como a gente quer
A poeira abaixa e mostra
o nada que restou em pé

É estranho
Você não sabe
Não imagina que o mundo
pede por voltas e voltas
Tudo jogado ao acaso
Quem assinou nossas vidas?

Parece difícil de compreender
que respostas estão ao nosso
Alcance
...
Enigmas do dia a dia mostram
sempre uma segunda
Chance

É normal
Todo mundo acha que sabe
Ter e não ser no final importa
A vida é apenas no tato

Estruturas feitas de cartas de baralho
se um dia tudo cair, recomeços existem
Acaso é um pseudônimo de quem
a gente sente, mas não vê
Ter não é nada porque
até a carne do corpo apodrece

Parece difícil de compreender
que respostas estão ao nosso
Alcance
...
Enigmas do dia a dia mostram
sempre uma segunda
Chance

Yuri Thomazelli

2 de jul de 2009

Por um dia




O que sobrou do céu
história despedaçada
Fogo e gelo, memórias queimadas
O néctar da vida, um sabor de féu

Porquês sem respostas
dias sem Sol
Laços de cetim, vista por um instante sólida
As pipas no céu, cortadas por fios com cerol

Cigarra e borboleta, verdade fora do comum
Arte por um dia de vida
Eu cantei pra você
Enquanto voavas naquele campo florido
me encantando com toda a sua beleza

Estávamos ali, até ao anoitecer...
Depois de um imenso dia de vida
quando deixamos de existir
Nunca mais esquecerei aquele dia
em que me apaixonei por você

Yuri Thomazelli

22 de jun de 2009

Primavera


Mais uma manhã de sol
O vento sopra uma leve brisa
Ao canto dos pássaros
Tudo como uma manhã perfeita
Tudo como acordar com o pé direito

Mais um saudoso dia de vida
O espírito está tão leve
Ao som daquela musica clássica
Tudo deixou de ser pesado
Tudo deixou de ser cinza e virou passado

Às coisas minúsculas do dia-a-dia
de grandezas despercebidas
Infinitas
estrelas revelaram seu sorriso
na minha vida
Nunca senti meu coração tão vermelho

A tarde trouxe o arco-íris
depois de um doce banho de chuva
Num campo de beijos e flores
O entardecer avermelhava o céu
As nossas vidas escritas nas nuvens

Um jantar à luz de velas
Uma rosa para a minha mais bela
Declarações de muitas que virão

A noite se despede com mais um
dia de primavera

Às coisas minúsculas do dia-a-dia
de grandezas despercebidas
Infinitas
estrelas revelaram seu sorriso
na minha vida
Nunca senti meu coração tão vermelho

Yuri Thomazelli

19 de jun de 2009

Nêmeses

Seguir a vida por si só
Declarações se foram com o vento
Aquilo que de dão pra cada um
nessa vida está todo costurado
As emoções vazaram enquanto
o sangue agora é um fogo "apagado"

Os passos ficaram pesados
A respiração é sentida de longe
Escapar do que mais?
Eliminar quem mais?

Costuras a fim de amenizar
Dores de um passado que tem
um passo à frente do presente
Deveria ser uma surpresa
mas acordaram fantasmas
de um futuro de incertezas

Não se sabe aonde está
Não se sabe se está
Os lados nunca tiveram
tantos faros
Nêmeses
Projeção que veio de um
pesadelo...
À procura da cura

Yuri Thomazelli

17 de jun de 2009

Red Hot Chili Peppers - Under the Bridge



Sometimes I feel like I don't have a partner
Sometimes I feel like my only friend
Is the city I live in, the city of angels
Lonely as I am, together we cry

I drive on her streets 'cause she's my companion
I walk through her hills 'cause she knows who I am
She sees my good deeds and she kisses me windy
I never worry, now that is a lie

Well, I don't ever wanna feel like I did that day
Take me to the place I love, take me all the way
I don't ever wanna feel like I did that day
Take me to the place I love, take me all the way
Yeah, yeah, yeah

It's hard to believe that there's nobody out there
It's hard to believe that I'm all alone
At least I have her love, the city she loves me
Lonely as I am, together we cry

Well, I don't ever wanna feel like I did that day
Take me to the place I love, take me all the way
Well, I don't ever wanna feel like I did that day
Take me to the place I love, take me all the way
Yeah, yeah, yeah

Hold me, oh no, no, yeah, yeah
Love me, I say yeah, yeah
(Under the bridge downtown)
(Is where I drew some blood)
Is where I drew some blood

(Under the bridge downtown)
(I could not get enough)
I could not get enough

(Under the bridge downtown)
(Forgot about my love)
Forgot about my love

(Under the bridge downtown)
(I gave my life away)
I gave my life away

Yeah, yeah, yeah
(Away)
No, no, no, yeah, yeah
(Away)
No, no, I say, yeah, yeah
(Away)
Here I stay



Tradução

Debaixo Da Ponte

Às vezes sinto que
Não tenho um amigo
Às vezes sinto que
Meu único amigo
É a cidade onde eu moro
A cidade dos anjos
Solitário como estou
Juntos nós choramos

Eu dirijo por suas ruas pois
Ela é a minha companheira
Ando por seus montes pois
Ela me conhece
Ela observa meus bons atos
E me beija cheia de ardor
Nunca me preocupo
Isto é mentira

Não quero me sentir
Como me senti aquele dia
Me leve ao lugar que amo
Me leve direto pra lá

Não quero me sentir
Como me senti aquele dia
Me leve ao lugar que amo
Me leve direto pra lá

É difícil acreditar
Que lá fora não tem ninguém
É difícil de acreditar
Que estou tão só
Pelo menos tenho o amor
Da cidade que me ama
Solitário como estou
Juntos nós choramos

Não quero me sentir
Como me senti aquele dia
Me leve ao lugar que amo
Me leve direto pra lá

Não quero me sentir
Como me senti aquele dia
Me leve ao lugar que amo
Me leve direto lá

Debaixo da ponte da cidade
É onde derramei algum sangue
Debaixo da ponte da cidade
Não consegui muita coisa
Debaixo da ponte da cidade
Esqueci o meu amor
Debaixo da ponte da cidade
Minha vida se desfez

14 de jun de 2009

Adeus minha vida




Adeus minha vida
Adeus minha vida

A gente nunca vai se ver
Quem sabe na próxima vida
A gente se encontre na avenida
que nessa nossa vida ficou perdida

Adeus sem alegrias
Adeus com melancolia

Minhas esperanças descoloridas
Um dia sonhei em te chamar de
minha querida e que as nossas
alianças estavam unidas

Adeus minha vida
Adeus sem alegrias
Adeus com melancolia

Cartas minhas,
não correspondidas
A nossa atração,
foi esquecida
Vida sem o doce sabor,
de uma mordida
Que da próxima vez,
as nossa vidas sejam seguidas

Adeus minha vida
Adeus sem alegrias
Adeus com melancolia

Yuri Thomazelli

13 de jun de 2009

7Heart



7Heart

Don’t try to hide
Running to where you can
The 7 stars do not cease to exist

Who do you think is
Only by writing
more a song of love

So many things appear
and you didn’t understand until now
you is not of nobody

You’re the sight of all
far from, seeing your skeleton
not to pass near
Because life of 7 is not for any 1

7Heart
Love in live alone
Love in live alone
Love in straight road

Volcano in eruption
For the contrary view
that you didn’t want to see
The left side of the chest,
suddenly stopped

Many signals on your skin
And you never asked
You have a 7 within you

7Heart
Love in live alone
Love in live alone
Love in straight Road
("Tradução")
Coração 7

Não adianta se esconder
Corra até onde conseguir
As 7 estrelas não deixarão de existir

Quem você acha que é
Apenas por escrever
mais uma canção de amor

Tantas coisas apareceram
e você não percebeu até agora
que você não é de ninguém

Você esta a vista de todas
de longe, avistam o seu esqueleto
pra perto não passarem
Porque vida de 7 não é pra qualquer 1

Coração 7
Amar e viver sozinho
Amar e viver sozinho
Amar numa estrada reta?

Vulcão em erupção
Por ver o contrario
do que não queria enxergar
O lado esquerdo do peito,
de repente parou

Tantos sinais na sua pele
E você nunca se perguntou
Você tem um 7 dentro de você

Coração 7
Amar e viver sozinho
Amar e viver sozinho
Amar numa estrada reta?

Yuri Thomazelli

11 de jun de 2009

Um pouco de dia 12*



Não Quero Dinheiro
Tim Maia
Composição: Tim Maia


Vou pedir prá você voltar
Vou pedir prá você ficar
Eu te amo!Eu te quero bem...

Vou pedir prá você gostar
Vou pedir prá você me amar
Eu te amo!Eu te adoro, meu amor!...

A semana inteira
Fiquei esperando
Prá te ver sorrindo
Prá te ver cantando
Quando a gente ama
Não pensa em dinheiro
Só se quer amar
Se quer amar
Se quer amar
De jeito maneira
Não quero dinheiro
Quero amor sincero
Isto é que eu espero
Grito ao mundo inteiro
Não quero dinheiro
Eu só quero amar!...

Te espero para ver
Se você vem
Não te troco nesta vida
Por ninguém
Porque eu te amo!
Eu te quero bem...

Acontece que na vida
A gente tem
Que ser feliz
Por ser amado por alguém
Porque eu te amo
Eu te adoro, meu amor!...


A semana inteira
Fiquei esperando
Prá te ver sorrindo
Prá te ver cantando
Quando a gente ama
Não pensa em dinheiro
Só se quer amar
Se quer amar
Se quer amar
De jeito maneira
Não quero dinheiro
Quero amor sincero
Isto é que eu espero
Grito ao mundo inteiro
Não quero dinheiro
Eu só quero amar!...

A semana inteira
Fiquei esperando
Prá te ver sorrindo
Prá te ver cantando
Quando a gente ama
Não é só dinheiro
Só se quer amar
Se quer amar
Se quer amar
De jeito maneira
Não quero dinheiro
Quero amor sincero
Isto é que eu espero
Grito ao mundo inteiro
Não quero dinheiro
Eu só quero amar!...



*********************************






Namoradinha
Pimentas do Reino
Composição: André Schiavone

Tudo tão rapidinho assim
Tão simples pareceu pra mim
Te escolher pra ser minha namoradinha
Mas eu não te conheço e você não conhece a mim
Quer saber, sem saber, vamos ver qual é o fim
É só você se afastar, eu sinto falta de estar
Juntinho, abraçadinho(estar com você...), bem pertinho
Em seu colinho quero estar
Abraçadinho(com você...) , bem pertinho(só você...)
Em seu colinho quero estar
Como é incrível o poder do amor
De transformar e deixar tudo
Tão bonitinho assim
Axim..., abraço(tudo que conhece alguem...),abraçinho,
Beijo(tudo fica assim tão bem..), beijinho
Um olhar(e só deixar se leva..), um carinho,
Amor(as coisas vão acontecer..), amorzinho,
Abraço(todo fica binitinho..), abraçinho,
Beijo(tudo assim piquinininho..), beijinho,
Um olhar(um olhar, um carinho..), um carinho,
Amor(quero ter você pertinho...), amorzinho,
É só você se afastar, eu sinto falta de estar
Bem juntinho(de estar com você...), abraçadinho, bem pertinho
Em seu colinho quero estar
Abraçadinho(com você..), bem pertinho(só você..)
Em seu colinho quero estar
Eu quero estar, eu vou estar, do seu ladinho!



**************************************************






Não Precisa Mudar
Ivete Sangalo
Composição: Saulo Fernandes / Gigi

(Ivete)
Não precisa mudar
Vou me adaptar ao seu jeito
Seus costumes, seus defeitos
Seu ciúme, suas caras
Pra quê mudá-las?
Não precisa mudar
Vou saber fazer o seu jogo
Saber tudo do seu gosto
Sem deixar nenhuma mágoa
Sem cobrar nada

Assim eu sei que no final fica tudo bem
A gente se ajeita numa cama pequena
Te faço um poema, te cubro de amor

Então você adormece
Meu coração enobrece
E a gente sempre se esquece
De tudo o que passou [2x]

Oooohh

(Saulo)
Não precisa mudar
Vou me adaptar ao seu jeito
Seus costumes, seus defeitos
Seu ciúmes, suas caras
Pra quê mudá-las?

Não precisa mudar
Vou saber fazer o seu jogo
Deixar tudo do seu gosto
Sem guardar nenhuma mágoa
Sem cobrar nada

Se eu sei que no final fica tudo bem
A gente se ajeita numa cama pequena
Te faço um poema e te cubro de amor

Então você adormece
Meu coração enobrece
E a gente sempre se esquece
De tudo o que passou [2x] [juntos na 2º vez]

Juninho

(Ivete)
Se eu sei que no final fica tudo bem
A gente se ajeita numa cama pequena
Te faço um poema, te cubro de amor

(Ivete e Saulo 4x)
Então você adormece
Meu coração enobrece
E a gente sempre se esquece
De tudo o que passou

(Saulo)
Não precisa mudar...

(Ivete)
Ah, eu sei que não precisa mudar...

(Saulo)
Não precisa mudar...

(Ivete e Saulo)
Não, não, Uuuuh!

8 de jun de 2009

Fim...


Por que as nossas verdadeiras emoções ficam
no "às vezes"?
A chuva dessa tarde parece despencar tristezas
vinda de meses (de dúvidas)

Dizem que a vida é bela
Dizem que quem faz a vida somos nós
Dizem que a "beleza" não nos "deixa sós"

Que beleza é essa que de repente
tira o sorriso que tanto cultivei
e veda beleza minha que tanto sonhei
Nesse piscar de olhos tão demorado, depois de

Dias de lutas, dias de glórias
Tudo feito nos mínimos detalhes
A noite era só para os nossos olhares
A Lua estava a nossa espera
De
repente, estávamos fora da primavera...
Aonde foi parar a nossa trajetória?

Yuri Thomazelli

5 de jun de 2009

Eu tenho uma coisa pra te falar



Eu tenho uma coisa pra te falar
Desse tempo todo que se passou
Parecia que nada era de verdade
Não é?

Meu jeito ‘um pouco’ desligado
faz parecer que tudo foi ontem
e pra que lembrar agora?

Pintei canções, encenei jantares
e escrevo páginas e mais páginas
Tudo pra fazer algo
que eu não consigo
que eu não consigo te dizer

De tantas formas usadas pra eu expressar
apenas uma que eu não consigo falar
Não sei até quando vai durar

Meu jeito ‘um pouco’ desligado
faz parecer que nada é de verdade
Não é?

Pintei canções, encenei jantares
e escrevo páginas e mais páginas
Tudo pra fazer algo
que eu não consigo
que eu não consigo te dizer

Desse tempo todo que se passou
pra que lembrar agora?

Pintei canções, encenei jantares
e escrevo páginas e mais páginas
Tudo pra fazer algo
que eu não consigo
que eu não consigo te dizer

De tantas formas usadas pra eu expressar
Apenas uma quero tentar
Não sei quando vou falar
...
Que pra sempre de ti vou gostar...!

Yuri Thomazelli

3 de jun de 2009

Dias de Sol, dias nublados

A cada dia que passa
A cada hora que voa
A cada momento que pisco

As lembranças retomam
as cores do que um dia
foi presente

À segunda vista pude ver
que fazer o perfeito seria a
pior mentira pra te contar

Eu não sou o Sol que
brilha a todo instante
Meus dias nublados
ofuscam o que sinto por ti

Eu queria escrever uma história
sem erros
Eu queria contar meus segredos
sem medo
Eu queria viver com você
muito além de desejos

Sei que não é fácil, mas
Eu não sou o Sol que
brilha a todo instante
Meus dias nublados
ofuscam o que sinto por ti

Um dia foi o preto e branco
Por que agora não pintamos
aos poucos um futuro melhor?

Yuri Thomazelli

24 de mai de 2009

Made to be the one


Made to be the one
No one can take it from me
That night one star shined
Alone

Go forward or backward
Up or down
The equation is done
The result will be the same...
...One

Made to be the one
The destiny is done
From that day
One star shined
Alone

Bored of be alone
by my crooked steps
The things happened
and left me for corner
Even when I'll be the one?

See to believe
The days slip
and turn back no more
I am admired for everyone
to be the one
that never be alone

Made to be the one
The destiny is done
From that day
One star shinned
Alone

The one wants be two
The life wake up with the day
but not sleep at night
I wonder
Even when I'll be the one?

Made to be the one
The destiny is done
From that day
One star shinned
Alone

Yuri Thomazelli



Tradução
Feito pra ser o único

Feito pra ser o único
Ninguém pode tirar de mim
Naquela noite uma estrela brilhou
Sozinha

Ir para frente ou para trás
Para cima ou para baixo
A equação está feita
O resultado será o mesmo...
Um...

Feito pra ser o único
O destino está feito
Desde aquele dia que
Uma estrela brilhou
Sozinha

Entediado de estar sozinho
pelos meus passos tortos
As coisas aconteceram e
deixaram-me para o canto
Até quando serei o único?

Ver para crer
Os dias escorregam
e voltar atrás nunca mais
Sou admirado por todos por
ser o único
Que nunca estará sozinho

Feito pra ser o único
O destino está feito
Desde aquele dia que
Uma estrela brilhou
Sozinha

Um quer ser dois
A vida acorda com o dia
mas não dorme à noite
Pergunto-me
Até quando eu vou ser o único?

Feito pra ser o único
O destino está feito
Desde aquele dia que
Uma estrela brilhou
Sozinha

Yuri Thomazelli

19 de mai de 2009

Eu preciso de você

Eu preciso do seu calor
Eu preciso do seu frio
Como o calor que precisa do frio
pra não queimar
Como o frio que precisa do calor
pra não congelar

Eu preciso de você
Porque eu não consigo
olhar o dia amanhecer
Porque eu não consigo
enxergar uma razão pra viver

De nada adiantaria ser um ator
se você nunca assistisse ao meu filme
De nada valeria criar uma canção
se você jamais a ouvisse
De nada me agradaria ser um anfitrião
se na minha festa você não me acompanhasse
De nada interessaria ser dono do mundo
se quando eu me for... Eu não levaria junto comigo

Gostaria que fosse como as 4 estações
Onde há frio e calor
Que eu pudesse se refrescar no seu frio
Que eu pudesse me esquentar no seu calor

4 maneiras de amar
Uma minha, uma sua, outra nossa
e uma ultima pra nunca mais nos esquecermos

Yuri Thomazelli

15 de mai de 2009

Amore da vero

Ti voglio bene
ma per favore
non spezzare mio cuore

Io lo so che questo amore
sembra imposibile, però
non te dimentica

Non voglio qualcuna
solo per fare mio cuore pieno
Sono stanco di stare qui
facendo un più o meno
di questa vita che volevo
vivere troppo più

Un amore da vero
Tutto che voglio
Un amore sincero
Amore
Che me fà vivere da vero

Alla mezza notte non voglio
che tutto finisce
Principessa o cenerentola
In qualunque modo

Un amore da vero
Tutto che voglio
Un amore sincero
Amore
Che me fà vivere da vero

Yuri Thomazelli



Traduzione

Te quero bem
mas por favor
não quebre o meu coração

Eu sei que esse amor
parece impossível, mas
Não se esqueça

Eu não quero qualquer uma
apenas para fazer o meu coração cheio
Estou cansado de estar aqui
fazendo um mais ou menos
desta vida que eu queria viver
muito mais

Um amor verdadeiro
Tudo o que eu quero
Um amor sincero
Amor
Que me faça viver de verdade

À meia-noite
eu não quero tudo termine
Princesa ou Cinderela
Seja como for

Um amor verdadeiro
Tudo o que eu quero
Um amor sincero
Amor
Que me faça viver de verdade

Yuri Thomazelli

14 de mai de 2009

Depois da curva

Essa estrada é longa
Ao mesmo tempo que
querermos avançar o tempo
não queremos chegar ao fim

Da simplicidade da vida
à monotonia dos sentimentos
De repente tudo ficou sem cor
Aonde fomos parar?

A hora chegou para partir
com tudo que um dia foi
peças de um quebra-cabeça
sem solução
Um de costas para o outro
Um choque térmico que
estremece o
coração
Você não sabe o que faz
nem sabe quem é
por ter vivido uma ilusão

Yuri Thomazelli

5 de mai de 2009

Bana'na'lizados



Eu te amo
...
Eu faço
...
Eu prometo
...
Eu não fiz
...
Eu não sabia
...
Eu sou fiel
...
Desculpe-me
...

Foi sem querer
...

Meu/minha amigo/a
...
...
...
Fiz por amor