29 de jun de 2010

Ofuscado


Cravando meu nome numa pedra
deixando a marca de uma história vazia
onde o Sol não tocou

Venho aqui pra lhe dizer
que o branco não é a cor que muda
o que o vento apenas desviou

Estrelas brilham a noite toda
Por uma vida inteira
Nunca fui um bom exemplo
Não leve meus passos no seu tempo
Estrelas brilham a noite toda
Por uma vida inteira
Por vida sem fronteira

Linhas e mais linhas de
uma vida sem rimas ou poesias
que um dia a chuva cicatrizou

Então o meu horizonte sumiu
pisar no chão não fazia sentido
porque o eclipse acabou

Estrelas brilham a noite toda
Por uma vida inteira
Nunca fui um bom exemplo
Não leve meus passos no seu tempo
Estrelas brilham a noite toda
Por uma vida inteira
Por vida sem fronteira

Recomeçar se tornou um verbo passado
e os dias passavam insossos
até vermelho da vida se despedaçou

Acabei por me tornar um pesadelo
para fazer você abrir seus olhos
e ver que o seu futuro não terminou

Estrelas brilham a noite toda
Por uma vida inteira
Nunca fui um bom exemplo
Não leve meus passos no seu tempo
Estrelas brilham a noite toda
Por uma vida inteira
Por vida sem fronteira

Yuri Thomazelli

27 de jun de 2010

No nada


Eu cheguei no topo
aonde o nada existe
Tão alto quanto perdido
palavras e sentimentos
sem sentidos e sem ouvidos

No meio do nada
em um caminho plano
Por um deserto
onde as emoções para
sempre estarão congeladas

Foi lá aonde eu cheguei
Aonde ninguém quer ficar
mas eu fiquei
Não foi com esse o mundo
que eu sonhei
Talvez algum dia encontrarei

A comida não se come e o
movimento não se move
Os pensamentos somem
sem vestígios e sem risos
sejam pobres ou ricos

No topo do nada
não existe escada para
uma subida ou uma descida
Nesse mundo as promessas
estão esquecidas

Foi lá aonde eu cheguei
Aonde ninguém quer ficar
mas eu fiquei
Não foi com esse o mundo
que eu sonhei
Talvez algum dia encontrarei

Abrir os olhos e ver tudo branco
ou fechá-los e ver tudo escuro
Que diferença faz?
Simplesmente acordando do nada
Talvez ainda o mundo tenha futuro

Foi lá aonde eu cheguei
Aonde ninguém quer ficar
mas eu fiquei
Não foi com esse o mundo
que eu sonhei
Talvez algum dia encontrarei

Yuri Thomazelli

26 de jun de 2010

Roger that, sir


Roger that, sir

This is the mission
We must protect the order
The truth must be buried

Survive running in this hell
that one day was the heaven
Hearing the screams of fear and pain
Yesterday the system fell

Roger that, sir

I got the access to rise
Some left groups try to complicate
But our guns will take them down
The next day... Surprise...!

Sir, the mission stat is working
We'll put the second step right now
No one will discover our planning
Only we know only we saw

Roger that, sir

This is the mission
The truth must be buried
Screams are just for today
This is the new order of truth way

Survive running in this hell
Yesterday the system fell
If you across the line
you'll be crucified in name of all lives

Mission completed
Thanks soldier
The truth has been assured

Roger that, sir

(Lyrics:Yuri Thomazelli)
(Foto: Flickr - Photographer FX "John David")



Tradução

Entendido, senhor

Esta é a missão
Temos de proteger a ordem
A verdade deve ser enterrada

Sobreviva correndo neste inferno
que um dia foi do céu
Ouvindo os gritos de medo e dor
Ontem, o sistema caiu

Entendido, senhor

Eu peguei o acesso para subir
Alguns grupos de esquerda tentam complicar
Mas as nossas armas irão derrubá-los
No dia seguinte ... Surpresa ...!

Sir, o status da missão está funcionando
Nós vamos colocar o segundo passo agora
Ninguém vai descobrir o nosso planejamento
Só nás sabemos, só nós vimos

Entendido, senhor

Esta é a missão
A verdade deve ser enterrada
Gritos são apenas por hoje
Essa é a nova ordem da verdade

Sobreviva correndo neste inferno
Ontem, o sistema caiu
Se você cruzar a linha
você será crucificado em nome de todas as vidas

Missão cumprida
Graças soldado
A verdade está assegurada

Entendido, senhor

Quando tudo começa e termina


Quando tudo começa certo e termina errado
Você já sentiu essa sensação?
De ter tudo escapando por entre os dedos
e ver que a vida se transforma num pesadelo

O que pode ser pior que escutar seu amor dizer adeus
O que pode ser pior que saber que seus pais não voltam mais
O que pode ser pior que descobrir que a sua profissão esta ocupada

Quando tudo começa delicado e termina bruto
Você realmente sabe o que fez?
De uma falta que agora um carinho não sentirá jamais
e o horizonte que você não alcança nunca mais

O que pode ser pior que ter seu amor esnobado
O que pode ser pior que saber que tudo é interesse
O que pode ser pior que seu amor nunca existir

Quando tudo começa feliz e acaba triste
Você acha que todos são para sempre?
De perceber que aos poucos eles se vão
e ver que na pacata reunião de domingo eles não estarão

O que pode ser pior que visitá-los e cumprimentar suas fotos
O que pode ser pior que admitir tarde que eles eram tudo pra você
O que pode ser pior que ter uma “felicidade” pra contar e não saber qual seria a admiração deles

Quando tudo começa justo e termina trapaceado
Você já sentiu puxarem seu tapete?
De entender que todos querem que você parta
e enxergar a sujeira por trás daquela marca

O que pode ser pior que ver seus colegas transformados em rivais
O que pode ser pior que ter seu esforço contrabandeado
O que pode ser pior que ser chantageado a esconder a verdade pra não deixar sua família na miséria

O dia não terminou, seja a sua boa alma
Porque não pode ser comprada
Sinta o vento te guiando
Apenas não cruze os braços
Porque sem o seu comando de sabedoria
Nada cairá do céu

(Por: Yuri Thomazelli)
(Foto: Flickr - pedrobiondi)

25 de jun de 2010

Meu Sol


Por que você não fica por aqui
O dia inteiro só para nós
entre nossos encantos e mistérios
podíamos escrever no céu
Por que você sempre se vai daqui?

Eu admiro o seu sorriso de bom dia
quando você chega a toda manhã
Um calor que me aquece a alma
me faz sentir

Não, não se vá
Você vem todo dia
mas desaparece a toda noite
Pelo céu, pela terra ou pelo mar
Aonde você está?

Num dia de chuva
você pode não estar tão feliz
mas eu te ajudo a esquecê-la
só pra te fazer voltar a sorrir

A noite não é a mesma coisa
embora durante o dia nem sempre
eu possa te ver
mas a claridade me faz saber
que você esta por aqui

Não, não se vá
Você vem todo dia
mas desaparece a toda noite
Pelo céu, pela terra ou pelo mar
Aonde você está?

Durante a noite
não sei aonde você está
Me atentam com quem
não tenho nada a ver
Sem a mesma claridade que você
e eu não posso vê-la toda noite
e nem ao menos saber
se ela está por ali
pois seu brilho se perde
no reflexo da noite

Não, não se vá
Você vem todo dia
mas desaparece a toda noite
Pelo céu, pela terra ou pelo mar
Aonde você está?

(Lyrics: Yuri Thomazelli)
(Foto: Flickr - rafamvc)

23 de jun de 2010

Crepúsculo (Originalmente por: Fiori d'autunno)


Não lhe restam mais forças para lutar
Se entregar? Talvez
Sentia que ia caindo gradativamente
declinando, declinando, declinando...
Mas ainda não se encontrava em uma posição horizontal

Ao seu redor, era como se o céu acompanhasse-lhe
o sofrimento e tingisse a sua ferida aberta como carne
vermelho que risca, corta e marca

Sombras pairam sobre a Terra para
carregar-lhe a alma que lhe resta e
com ela em mãos, passeiam por entre ruas
becos e labirintos
As sombras usam máscaras e
nunca mostram o seu rosto
apenas derrubam o seu inimigo
para sentirem-se poderosas por toda uma noite

Os minutos passam devagar para
que se chegue ao final da batalha
mas de forma rápida demais para se possa
ter alguma reação contra o inimigo

O silêncio da disputa é insuportável
não há gritos, nem lamentos, nem vibrações
Apenas uma voz calada envolvendo
os adversários e cobrindo-lhes
de mistério e de agonia

As cores da ferida vão mudando de tonalidade
como se estivessem a ser cozidas
tornam-se amareladas, púrpuras, amarronzadas...

Sombras pairam sobre a Terra para
carregar-lhe a alma que lhe resta e
com ela em mãos, passeiam por entre ruas
becos e labirintos
As sombras usam máscaras e
nunca mostram o seu rosto
apenas derrubam o seu inimigo
para sentirem-se poderosas por toda uma noite

E ele continua a cair, a ir flutuando
descendo até onde se possa enxergar
e de repente, pesa sobre o horizonte
É o fim, ele perdeu
Ficará sepultado no pico de alguma montanha
ou no fim de algum mar

Sombras pairam sobre a Terra para
carregar-lhe a alma que lhe resta e
com ela em mãos, passeiam por entre ruas
becos e labirintos
As sombras usam máscaras e
nunca mostram o seu rosto
apenas derrubam o seu inimigo
para sentirem-se poderosas por toda uma noite

(Postagem original: Fiori D'Autunno)
(Editado: Yuri Thomazelli)

19 de jun de 2010

Fábula de uma nação



Crianças o mundo é uma fábula
Olhem para o alto e vejam a
chuva de balas que está por vir
elas terão um sabor inesquecível

Educação
a fábula de uma nação
Má educação
a verdade de um mundo sem noção
É isso que educaremos para
a próxima geração

O nosso governo disfarçado de bom velhinho
ele tem nos dado tantos presentes
todos os anos ele nunca se esquece
que nós sempre votamos nele(s)

Um espelho mágico que enfeitiça
nossos lares de hipocrisias, falcatruas
e vidas alheias, esse é o Indicador
de futilidade que nos encadeia

Educação
a fábula de uma nação
Má educação
a verdade de um mundo sem noção
É isso que educaremos para
a próxima geração

Cinderela hoje tem uma
conta bancária fenomenal
e vive num paraíso fiscal
E chapéuzinho vermelho foi
escondida visitar o seu lobo mau

Hoje o nosso mundo tem muito
lobo disfarçado em pele de cordeiro
de dia ele é manso, à noite ele te come
no dia seguinte você está preso pro lado de fora

Educação
a fábula de uma nação
Má educação
a verdade de um mundo sem noção
É isso que educaremos para
a próxima geração

Tome esse rifle, filho
Você vai precisar lá fora
Boa sorte meu soldadinho de chumbo
porque o hoje é da guerra

Educação
a fábula de uma nação
Má educação
a verdade de um mundo sem noção
É isso que educaremos para
a próxima geração

Yuri Thomazelli

17 de jun de 2010

Fora do meu caminho


Obrigado por me odiar
eu não busco a sua alegria
você não muda nada na minha vida
cuide da sua porque eu estou na minha

Eu tenho as minhas metas e não atropelo
ninguém, nem pense sequer em me multar
porque a estrada e o sentido quem dita sou eu
Se não gostou pois que fique a pé

Certo ou errado não é você quem decide
Tenho coisas mais importantes a fazer
e não vai ser a sua ira que vai fazer a minha
vontade de viver desaparecer

Não sou obrigado a te aceitar
Essa é a minha resposta
Você não faz o certo e vem
me cobrar com um know how
quando nem você se conhece direito

A vida ultimamente tem sido difícil
para a gente crescer
eu tento a cada dia me soltar, mas
de ti eu faço questão de me desprender

Certo ou errado não é você quem decide
Tenho coisas mais importantes a fazer
e não vai ser a sua ira que vai fazer a minha
vontade de viver desaparecer

Yuri Thomazelli

16 de jun de 2010

Killing Joke - You'll Never Get To Me



Sea of hurt, I feel the waves of pain
And now the tides come in again
Caught in a vicious cycle of despair
Give me the courage to face another day

Oh, sing a song of joy
Sweet childhood, never desert me
Time for celebration, oh!
Overcome with a sense of elation
I'll never let you get to me
Survival is my victory

I sighed and sighed as I was mourning
I said sorry a thousand times
I cried aloud to God for all my failings
But God seemed deaf as well as blind

Oh, sing a song of joy
Sweet childhood, never desert me
Time for celebration, oh!
Overcome with a sense of elation
I'll never let you get to me
Survival is my victory

We drank and smoked and talked until the dawn
We shared our problems and our food
Telling tales of courage and resolution
Through all the hardships we'd endured

Oh, sing a song of joy
Sweet childhood, never desert me
Time for celebration, oh!
Overcome with a sense of elation
I'll never let you get to me
Survival is my victory



Tradução

Você Nunca Chegará Até Mim

Mar de feridas, eu sinto as ondas da dor
E agora a maré aumenta novamente
Pego num vicioso ciclo de desespero
Me dê coragem para encarar outro dia

Oh, cante a canção da alegria
Doce infância, nunca me mereceu
Tempo para celebração, Oh!
Superando com um senso de exaltação
Você nunca chegará até mim
Sobrevier é minha vitória

Eu suspirei e suspirei quando eu estava de luto
Eu disse desculpa mil vezes
Eu chorei alto à Deus por todas minhas falhas
Mas Deus parecia surdo como também cego

Oh, cante a canção da alegria
Doce infância, nunca me mereceu
Tempo para celebração, Oh!
Superando com um senso de exaltação
Você nunca chegará até mim
Sobrevier é minha vitória

Nós bebemos e fumamos e conversamos até o amanhecer
Nós compartilhamos nossos problemas e nossa comida
Contando contos de coragem e resolução
Através de todas as dificuldades que sofremos

Oh, cante a canção da alegria
Doce infância, nunca me mereceu
Tempo para celebração, Oh!
Superando com um senso de exaltação
Você nunca chegará até mim
Sobrevier é minha vitória

13 de jun de 2010

Dizer que te amo não quer mais dizer que te amo?

Dizer que te amo hoje em dia
não quer dizer nada de mais
Foi o tempo que valores existiam
e as palavras faziam sentido
dentro de nós

Tudo que eu já pensei em te dizer
todo mundo já disse
A rotina se tornou arisca
Parece que estou ao contrário na pista
Todos voltando e eu ainda estou indo

Amor
Aonde esta você?
Nem lentes cor de rosa te deixam me ver
O que mais eu posso fazer
Se o meu amor é transparente
Mas sei que só você poderá sentir o meu...
Amor!
Aonde esta você?

Dizer que te amo hoje em dia
só pode ser uma piada ou um conto de fadas
Foi o tempo dos que perdiam tempo com isso
O mundo tirou a nossa virgindade

Tudo que eu já pensei em te dizer
ficou tão desvalorizado
e a crise tomou conta da rotina
Parece que sou um estrangeiro
dentro da minha própria terra

Amor
Aonde esta você?
Nem lentes cor de rosa te deixam me ver
O que mais eu posso fazer
Se o meu amor é transparente
Mas sei que só voce poderá sentir o meu...
Amor!
Aonde esta você?

Yuri Thomazelli

12 de jun de 2010

Senhor Tempo



Os dias passam
e o tempo voa
A gente cresce
e a nossa idade envelhece
O nosso espírito evolui
e a nossa carne reduz (ao pó)

Foi o tempo quem disse isso
Com ele não há hora que avance
nem hora que atrase
As coisas sempre aparecem no minuto certo e
não há tempo que nos cegue pra não enxergar
quem está a nossa frente

Os céus mandam sinais
mas não mudam o nosso dia a dia
Quebra cabeça é a palavra chave
no final toda palavra cruzada se fecha

Não espere nada cair de lá
Dias de glória, dias de guerra
precisamos dos nossos passos
Se quisermos alcançarmos nossas metas

As aparências enganam, mas
infelizmente elas contam
entre verdades e mentiras
Seduzem o ego e não se dão
conta de que quanto maior o vôo
maior é o tombo

(Lyrics: Yuri Thomazelli)
(Foto:
Theus. - Flickr)

6 de jun de 2010

Estações


Como eu pude deixar de te amar?
De repente o nosso Sol se pôs
Os pássaros foram para o sul
e as árvores aqui evergueceram

Eu lembro de como as coisas eram
o mundo não tinha chegado até a gente
Pulávamos por aí sem nos preocupar
se éramos alérgicos um ao outro

A nossa validade começou a se perder
entre tantas outras ordens mundiais
A gente não sabe mais quando é dia
porque dormimos cada vez mais distantes

Maldita foto em preto e branco
o mundo gira e você e continua nela
Maldita foto em preto e branco
meu coração questiona porque eu guardo ela
Maldita é a vida que nos assoprou pra longe

Nossas vidas, nossas ditaduras espirituais
fazem florescer uma nova estação
Outros pássaros chegam do inverno e
o Sol a gente sente que não é mais o mesmo

A nossa rotina se torna comercial
Rosas são vendidas no cartão de crédito
e as novelas nuncam mudam o roteiro
Brotos de árvores enraízam de novo
Algum dia quem sabe voltemos a ver
folhas verdes de novo
Como eu pude deixar de te amar?

Maldita foto em preto e branco
o mundo gira e você e continua nela
Maldita foto em preto e branco
meu coração questiona porque eu guardo ela
Maldita é a vida que nos assoprou pra longe

(Lyrics: Yuri Thomazelli)
(Foto: Patrecajapa - Flickr)

2 de jun de 2010

Svegliati, sbrigati


Io già sono spento tutto la mia idealità
Ho perso abbastanza tempo con te
Non so se questa cosa può cambiare più
Tu hai perso il tuo rispetto

Adesso io già sono svegliato
Ho aperti i miei occhie
Io solo non capisco ancora, perchè tu sei cosi'
Hai perso le speranze della vita

Svegliati, svegliati, svegliati
mentre stà piovendo
per ricominciare sull'asciutto
Sbrigati, sbrigati, sbrigati
tutto il mondo stà vedendo
perchè la vita non è cieco

Tutti noi abbiamo detto che le cose cambiano
e che la verità arriva a un giorno qualsiasi
perchè la verità è saggio
e mai deciso come una sfida

Ma sei scelto essere cosi
dopo un sacco de parole persa
Noi ti credevano da vero
E tu quasi fregato tutti noi

Svegliati, svegliati, svegliati
mentre stà piovendo
per ricominciare sull'asciutto
Sbrigati, sbrigati, sbrigati
tutto il mondo stà vedendo
perchè la vita non è cieco

Yuri Thomazelli