30 de jul de 2009

Até quando?

Quando é que vai mudar?
Quando é que vai mudar?
Quando é que as coisas vão mesmo melhorar?
Porque somos nós que fazemos o amanhã

Todo santo dia acordamos com uma esperança morta
Noticiários apresentam um mundo fora do ideal
Gritos de medo por um troco barato
Foi aquele tiro que levou o final feliz
de quem deixava seus filhos na porta da escola

Quando é que vai mudar?
Quando é que vai mudar?
Quando é que as coisas vão mesmo melhorar?
Porque somos nós que fazemos o amanhã

Dinheiro igual sabão
Não vemos a cores que escorregam
pelas nossas mãos
enquanto a "lavanderia" sempre centrifuga tudo

Quando é que vai mudar?
Quando é que vai mudar?
Quando é que as coisas vão mesmo melhorar?
Porque somos nós que fazemos o amanhã

Fazendo o amanhã de braços cruzados
Por mais quanto tempo viveremos acorrentados
por um medo que segue a nossa sombra?

A partir do céu, apenas sol e chuva
esperar pelo vento nada muda
O Olho que tudo vê precisa de nós para lutar
com os braços "amarrados" com a mente "armada"

Quando é que vai mudar?
Quando é que vai mudar?
Quando é que as coisas vão mesmo melhorar?
Porque somos nós que fazemos o amanhã

Yuri Thomazelli

27 de jul de 2009

7 Heart (v2)


The seven stars at the dark sky
Just seven stars, and no more
The same seven star at the road,
and no more
No more...

Who do I think I am, only by writing
more a love song
So many signals appear
and I never understood until now
I am not of nobody

7Heart
Loving in live alone
Loving in live alone
Loving in straight Road (?)

How many times will I
pass for the same seven stars?
The city is dirty and desert
The gardens are bleeding
the hopes aborted
While the sun is burning
roots that one day blossomed
in a field in the middle of nowhere

One day, one day...
How long, how long...
and...
no more, no more...

7Heart
Loving in live alone
Loving in live alone
Loving in straight Road (?)

Yuri Thomazelli



Tradução
(Coração 7)

As sete estrelas no céu escuro
Apenas sete estrelas, e não mais
Os mesmos sete estrelas na estrada,
e não mais
Não mais ...

Quem eu acho que eu sou, apenas por escrever
mais um amor canção
Tantos sinais aparecem
e eu nunca entendi até agora
que eu não sou de ninguém

7Heart
Amando em viver sozinho
Amando em viver sozinho
Amando numa estreada reta (?)

Quantas vezes vou
passar pelas mesmas sete estrelas?
A cidade está suja e deserta
Os jardins estão sangrando
as esperanças abortadas
Enquanto o sol está queimando
raízes que um dia floresceram
em um campo no meio do nada

Um dia, um dia ...
Quanto tempo, quanto tempo ...
e ...
nada mais, nada mais ...

7Heart
Amando em viver sozinho
Amando em viver sozinho
Amando numa estrada reta (?)

Yuri Thomazelli

25 de jul de 2009

Só eu e você



Escrever sobre o quê?
Se tudo partiu junto com você
Pensar sobre o quê?
Acordar amanhã pra quê?
Se eu não consigo deixar de gostar de você
e você sabe bem o porquê
Então partir por quê?

Se eu só amo você
Dormir a troco de quê
?
Se no meu sonho não consigo te ver
Longe de pesadelos te proteger
Se não um amor perfeito
ao menos, amor a você

Dentro de mim um espaço só pra você
Sem fronteiras que nos faça esquecer
de um dia ou dois que pra sempre
irá permanecer
num passado, presente e futuro
eu e você

Só pergunto a Deus, por quê?
Por mais quanto tempo vou viver
longe de um amor que a cada dia se faz crescer
Porque sem medo de dizer
Vida sem você não se faz valer
queira ou não, eu sempre vou amar você

Yuri Thomazelli

19 de jul de 2009

Acabou (?)


Hoje acordei sem o Sol
num dia sem nuvens
O que os pássaros estão cantando?

Acabou o encanto (?)
Não vejo mais reflexos na água
Estranha luz que faz de tudo vazio
Agora apenas marcas nas linhas
tortas da vida do passado que partiu

Hoje, a noite sem estrelas
elas não estavam encobertas
O que a Lua está encantando?

O começo do pé direito,
terminado no esquerdo
O dia acabou antes das 24 horas
Minha garganta seca não me deixa
engolir esse ultimo suspiro

Hoje só o frio e a chuva
num dia de enterro
O que eu estava pensando?

Acabou o encanto (?)
Não vejo mais reflexos na água
Estranha luz que faz de tudo vazio
Agora apenas marcas nas linhas
tortas da vida do passado que partiu

O começo do pé direito,
terminado no esquerdo
O dia acabou antes das 24 horas
Minha garganta seca não me deixa
engolir esse ultimo suspiro

11 de jul de 2009

Como se fosse um dia qualquer


Palavras meio desligadas
Uma conversa procurando trilhos
A gente já passou por despercebidos

A mesma terra que nos distancia
une por cartas que encurtam saudades

Como se fosse um dia qualquer
um recado
Como se fosse um simples recado
um convite
Como se fosse apenas um convite
Você

Yuri Thomazelli

10 de jul de 2009

Gostando



Gostar de alguém...
Gostar mas não ser "gostado"...
Gostar mesmo depois de ouvir não
Uma vez,
Duas vezes,
Três vezes
E mesmo assim continuar gostando

Até que de repente parece
ser uma "luz no fim do túnel"
Imaginar que logo poderia se realizar
o tão esperando "gostar",
mas que no final das contas,
a luz nada mais era que o trem
que passa por cima da gente

E agora, continuar gostando...?
Vale mesmo?
Adeus... Talvez seja essa a palavra...
Porque até quando vou levar só porrada?

Yuri Thomazelli

9 de jul de 2009

Retrovisor




Eu andei pensando
Será que tudo foi verdade?
Ou a história que alguém quis
...
Não sei se estava sonhando

Lágrimas de felicidade
no meio de risos de tristeza
Montanhas se moviam do dia pra noite
...
Tudo veio de um país chamado simplicidade

Eu só precisava de um porque
Tinha horas que momentos ficavam perdidos
andando por um caminho não muito nítido
...
O que aconteceu, agora ficou preso num cinza deprimido

Que quebra é essa
Alguém pediu para solidificar?
As montanhas eram mesmo montanhas
ou pedras que o mar levava...?

Muito foi visto nesse mundo
de ventos dos tiros à amores perdidos
O gigante de dentro de nós às vezes tropeça
Na verdade poucas são as histórias
que são para toda a vida

Yuri Thomazelli

8 de jul de 2009

Red Hot Chili Peppers - Scar Tissue



Scar tissue that I wished you saw
Sarcastic Mister Know-it-All
Close your eyes and I'll kiss you 'cause
With the birds I'll share
With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view

Push me up against the wall
Young Kentucky Girl in a push-up bra
Fallin' all over myself
To lick your heart and taste you health 'cause
With the birds I'll share
This lonely view…

Blood loss in a bathroom stall
Southern girl with a scarlet drawl
Wave good-bye to ma and pa 'cause
With the birds I'll share
With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view

Soft spoken with a broken jaw
Step outside but not to brawl in
Autumn's sweet we call it fall
I'll make it to the moon if I have to crawl and
With the birds I'll share
This lonely view…

Scar tissue that I wished you saw
Sarcastic mister know it all
Close your eyes and I'll kiss you 'cause
With the birds I'll share
With the birds I'll share
This lonely view
With the birds I'll share
This lonely view



Tradução

Cicatrizes

Cicatrizes este que eu gostaria que você tivesse visto
Senhor sarcástico sabe de tudo
Feche seus olhos e eu te beijarei porque
Com os pássaros dividirei

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

Me empurre contra a parede
Garota de Kentucky puxo sutiã
Tudo desaba sobre mim
Vou lamber seu coração e sentir o sabor de sua saúde porque

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária...

Perda de sangue numa cabine de banheiro
Moça do sul com um sotaque que me atrai
Acene um adeus para papai e mamãe porque
Com os pássaros dividirei..

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

Falando macio com a mandíbula quebrada
Passe pro lado de fora mas não brigue
Outono é doce assim chamamos o cair
Eu marcarei isto na lua nem que eu tenha que rastejar e

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

Cicatrizes este que eu gostaria que você tivesse visto
Senhor sarcástico sabe-tudo
Feche seus olhos e eu te beijarei porque
Com os pássaros dividirei

Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária
Com os pássaros dividirei
Esta visão solitária

5 de jul de 2009

Segunda chance



É estranho
Eu sei
Não me importa muita coisa
O vento nem sem sempre
segue como a gente quer
A poeira abaixa e mostra
o nada que restou em pé

É estranho
Você não sabe
Não imagina que o mundo
pede por voltas e voltas
Tudo jogado ao acaso
Quem assinou nossas vidas?

Parece difícil de compreender
que respostas estão ao nosso
Alcance
...
Enigmas do dia a dia mostram
sempre uma segunda
Chance

É normal
Todo mundo acha que sabe
Ter e não ser no final importa
A vida é apenas no tato

Estruturas feitas de cartas de baralho
se um dia tudo cair, recomeços existem
Acaso é um pseudônimo de quem
a gente sente, mas não vê
Ter não é nada porque
até a carne do corpo apodrece

Parece difícil de compreender
que respostas estão ao nosso
Alcance
...
Enigmas do dia a dia mostram
sempre uma segunda
Chance

Yuri Thomazelli

2 de jul de 2009

Por um dia




O que sobrou do céu
história despedaçada
Fogo e gelo, memórias queimadas
O néctar da vida, um sabor de féu

Porquês sem respostas
dias sem Sol
Laços de cetim, vista por um instante sólida
As pipas no céu, cortadas por fios com cerol

Cigarra e borboleta, verdade fora do comum
Arte por um dia de vida
Eu cantei pra você
Enquanto voavas naquele campo florido
me encantando com toda a sua beleza

Estávamos ali, até ao anoitecer...
Depois de um imenso dia de vida
quando deixamos de existir
Nunca mais esquecerei aquele dia
em que me apaixonei por você

Yuri Thomazelli