26 de fev de 2011

Labirinto


Tento tanto fazer com que você perceba
que estou aqui só por ti
Tanto tempo que não nos falamos
não sei por que me dói tanto assim
Tanto tempo e de repente
você se lembra de mim
Tento tanto entender o que você vê
pois nem todas as suas dúvidas sei responder
Tento tanto te fazer feliz
com aquele pouco que colhi
Tanto tempo depois e
continuamos aqui

Tento tanto entender o que você vê
pois nem todas as suas dúvidas sei responder
Tento tanto entender
Por que eu fui gostar de você
Nós não cultivamos as mesmas flores
Nós não cultivamos as mesmas flores
Tento tanto te entender
Por que eu fui gostar de você

Yuri Thomazelli

24 de fev de 2011

Gray flag

Today I hoisted here
on all my hopes
my Gray flag

Buried in the past
Just more one in this world
Could I erase these lines of sighs?

I consumed myself as fire in the straw
There is no more flame now
mistakes and smiles are mixed in the soil

The days come without flavor
as manufactured as rational
The truth and reality walk separated

I’m feeling neutralized
The sunset ended
No blood, no signs
The things written in a lost paper
The wind blew my
Gray flag

Wind, blow my gray flag, blow my neutral heart
I can't get explain this empty that is inside me yet
Stolen or not, something is missing

I’m feeling neutralized
The sunset ended
No blood, no signs
The things written in a lost paper
The wind blew my
Gray flag

Yuri Thomazelli



Tradução

Hoje eu hasteei aqui
sobre todas as minhas esperanças
minha bandeira cinza

Enterrado no passado
Apenas mais um no mundo
Eu poderia apagar estas linhas de suspiros?

Eu consumi-me como fogo na palha
Não há mais chama agora
erros e sorrisos estão misturados na terra

Os dias vêm sem sabor
tão manufaturado quanto racional demais
A verdade e a realidade andam separados

Estou me sentindo neutralizado
O pôr do sol acabou
Sem sangue, sem sinais
As coisas escritas em um papel perdido
O vento soprava a minha
Bandeira cinza

Vento, sopre minha bandeira cinza, sopre meu coração neutro
Eu não consigo explicar esse vazio que está dentro de mim ainda
Roubado ou não, algo está faltando

Estou me sentindo neutralizado
O pôr do sol acabou
Sem sangue, sem sinais
As coisas escritas em um papel perdido
O vento soprava a minha
Bandeira cinza

Yuri Thomazelli

22 de fev de 2011

Senteced - Her Last 5 Minutes



Must have been a week
Since she drew the curtains down
I don't know if it's night or day
And I don't care
Our hope seems so bleak
But she's pulling through somehow
While I'm trembling in dismay, in despair

I can see you're scared and tired of all this
I can see the torment, the damage it has done
Still we both know what the other alternative is
Not yet, the only one

The good moments are breezed
And there's nothing I can do
When it comes onto her again
And does it worse

She shivers like a leaf
That's the way ?soul? ?plea? he through
The ruthless bringer of the end
Fears ?bevered?

I can see you're scared and tired of all this
I can see the torment, the damage she has done
Still we both know what the other alternative is
Not yet, the only one

Don't go yet, don't yet go
Not yet, my only one
Don't go yet, I can't let go
Not yet, my only one



Tradução


Deve fazer uma semana
Desde que ela partiu
Eu não sei se é noite ou dia
E eu não ligo

Nossas esperanças parecem tão desertas
Mas ela está conseguindo de algum jeito
Enquanto eu estou trêmulo de desânimo
Em desespero

Eu posso ver que você está com medo e cansada disso tudo
Eu posso ver o tormento, o dano que isso fez
Nós dois sabemos o que a outra alternativa é
Ainda não a única

Os bons momentos são breves
E não há nada que eu possa fazer
Quando isso vem perseguindo ela de novo
E se torna pior

Ela treme como uma folha
Enquanto as ondas de dor se erguem
O cruel que trás o fim
Feroz, perverso

Eu posso ver que você está com medo e cansada disso tudo
Eu posso ver o tormento, o dano que isso fez
Nós dois sabemos o que a outra alternativa é
Ainda não a única

Não vá ainda
Não me deixe ir
Ainda não, minha única
Não vá ainda
Não posso deixar ir
Ainda não, minha única

21 de fev de 2011

Giorno di battaglia


Grazie per la giornata di oggi
Proprio come una cagata
come io mai aspettavo

La guerra contro gli stronzi
è ogni giorno più di
una difficile battaglia

Cavolo
Quando finisce questo incubo
Dio, perché ha lasciato il
diavolo abitare tra noi

Grazie per la forza che ho dentro me
Mai lascerò a perdere il mio sogno di
abitare nel cielo

Un giorno che non arriva
come io desidero adesso

Cavolo
Non vedo l'ora di tutto sparire
Di vedermi lontano di una terra
dove abitano tutti che sono
senza anima

Io dico Amen

Mai sarò un santo
Sarò sempre io
Dal inizio al fine della
mia vita

Il mondo non so dove arriverà
Ho fiducia nel passato
Dopo tanti sbagli
Siamo vivi ancora

Non vorrei pregare un giorno
chiedendo per rispetto

Cavolo
Quando finisce questo incubo
Dio, perché ha lasciato il
diavolo abitare tra noi?

Cavolo
Non vedo l'ora di tutto sparire
Di vedermi lontano di una terra
dove abitano tutti che sono
senza anima

Yuri Thomazelli



Tradução

Dia de batalha

Obrigado pela jornada de hoje
Assim como uma merda
como eu nunca esperava

A guerra contra os babacas
é cada dia mais de
uma batalha árdua

Caramba
Quando acaba esse pesadelo
Deus, porque deixou o diabo
habitar entre nós

Obrigado pela força que tenho dentro de mim
Jamais deixarei perder do meu sonho
de viver no céu

Um dia que nunca chega
Como eu desejo agora

Caramba
Não vejo a hora de tudo desaparecer
De me ver longe de uma terra
aonde habitam todo aqueles
que são sem almas

Eu digo Amém

Jamais serei santo
Serei sempre eu
Do início ao fim
da minha vida

Não sei aonde o mundo vai chegar
Tenho confiança no passado
Depois de tantos erros
Nós ainda estamos vivos

Não gostaria de um dia ter de
rezar pedindo por respeito

Caramba
Quando acaba esse pesadelo
Deus, porque deixou o diabo
habitar entre nós

Caramba
Não vejo a hora de tudo sumir
De me ver longe de uma terra
aonde habitam todo aqueles
que são sem almas

Yuri Thomazelli

8 de fev de 2011

Vento


Por que o vento sopra mas não traz
Depois que tudo se foi
percebe-se quantos os sinais foram
foram inúteis
Estar preparado para o que já aconteceu
Tentar fazer o que mais valer?

Valeu a pena, apenas valeu
De agora em diante
Tentar fazer o que mais valer?
Mesmo o colorido com todas as
suas mais vivas cores se torna triste
Esperar o que de um prédio sem pilares?

O vento apenas sopra
O vento nada traz
Por que esse suspiro leva
Por que nunca deixa a paz?

Yuri Thomazelli

Desconhecido


Não espere muito de mim
porque não sou clichê
Sou feito de mim mesmo
O mundo é o mundo, mas
eu sou apenas eu

Não espere por uma resposta
porque eu não tenho explicação

Vivo no mesmo mundo
mas não vivo na mesma superfície
Num mundo para poucos onde
o tempo une ou rompe elos

Temperos e dissabores nunca
serão os mesmos
Essas coisas são fáceis de serem esquecidas
Tenha certeza de que se estou aqui
não é pra dizer a ninguém a quem tenho

Meu mar é de corrente contrária
a tudo aquilo que não significa nada
de fazer sentido em estar aqui
do seu lado pro que der e vier

Dias e anos são apenas
figuram a nossa estrada

O silêncio e eu
Não espere pelas noites nubladas
porque nem um céu estrelado
é sinônimos de barulho

Não espere muito de mim
porque não sou clichê
Sou feito de mim mesmo
O mundo é o mundo, mas
eu sou apenas eu

Não vamos apagar sorrisos e lágrimas
em troca de dias em branco
como se fôssemos palavras ao vento
A emoção é a nossa chama e a razão a nossa fonte
Uma vida não não cresce se não aprende a caminhar

O mundo perdeu muito do seu conteúdo
não vamos perder o nosso

Yuri Thomazelli