4 de jan de 2014

Mar e conchas


Estou no caminho certo?
Deveria eu sentir tudo isso?
Está certo seguir o que
nunca vi?

Não
Eu não deveria
Não sou como o inimaginável
Sou real dentro da minha idealidade

O dia está de sol
E deveria ser tudo normal
Deveria...
Seria mais simples a te esquecer

Em meio a tantos estranhos
Explique-me o porquê disso
porque não sei o que eu
realmente fiz

Palavras ditas em silêncio
com um gosto salgado
Vindas de um fundo que 
deveria ser doce

Eu não tenho a melhor
das poesias pra enganar
Enganar a mim mesmo?
Sei que não é uma onda

Eu estava flutuando com
os pés no chão
A única flor colhida
sooava um eco

E ainda me perco
perguntando 
se eu deveria
se realmente eu deveria

E toda essa história
ganhou uma página
em branco de rendição
ou de paz, tanto faz

Eu vou sentir sua falta
Eu vou...

Yuri Thomazelli

Nenhum comentário:

Postar um comentário