15 de mar de 2014

Panorâmica



O mundo gira
minha cabeça gira
trezentos e sessenta graus
por todos os cantos
desse mundo sem pé
e sem cabeça

Que voz é essa que
ofusca o Sol e resta
o calor de um amor
ou seria um calor de dor

Caminhos cruzam-se entre si
Nenhum deles há uma saída
Por quanto tempo eu ande
por tanto tempo ainda que
não encontre

Razão e a emoção
uma pedra e uma nuvem
dentre todos os sentidos
ser e viver da a mesma água
que refresca
a mesma água
que aquece

As marcas deixadas para trás
cruzam-se entre si
Nenhuma delas há uma saída
Por onde tanto eu ande
Por quanto tempo imaginando
que o que eu encontre

Razão e emoção
uma pedra e uma nuvem
dentre todos os sentidos
nadar e mergulhar na mesma água
que refresca
a mesma água
que afoga

Minha cabeça gira
trezentos e sessenta graus
por todos os cantos
desse mundo sem pé
nem cabeça
mas o mundo continua
a girar com ou sem rumo
Quiçá a cabeça que há
de encontrar

Yuri Thomazelli

Nenhum comentário:

Postar um comentário